Economia Aprovação de reformas fará Brasil crescer mais de 2%, prevê Guedes

Aprovação de reformas fará Brasil crescer mais de 2%, prevê Guedes

Ministro da Economia minimizou os efeitos do coronavírus e afirma que país tem "uma dinâmica própria de crescimento"

Reuters
Guedes comentou alta de 1,1% no PIB de 2019

Guedes comentou alta de 1,1% no PIB de 2019

Adriano Machado/Reuters - 5.11.2019

A despeito do coronavírus, a economia brasileira vai crescer acima de 2% este ano se as reformas avançarem, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quarta-feira (4), ressaltando que o país tem "uma dinâmica própria de crescimento".

"O que eu havia dito no início do governo? Primeiro ano vamos crescer 1%. Saiu 1,1%, então, está dentro do previsto. Segundo ano, prosseguindo reformas, nós vamos crescer acima de 2%", afirmou Guedes a jornalistas ao deixar o ministério.

O PIB (Produto Interno Bruto) do país cresceu 1,1% em 2019, o desempenho mais fraco desde 2016, mostraram dados do Ibge divulgados nesta quarta.

Leia mais: Brumadinho e guerra comercial limitaram avanço do PIB

Questionado se o crescimento superará 2% este ano mesmo diante do surto de coronavírus, Guedes confirmou, acrescentando que o impacto econômico do surto é menor na economia brasileira pelo fato de o país ser menos integrado globalmente.

"O mundo está desacelerando rapidamente, e o Brasil está começando a reacelerar", afirmou o ministro."O Brasil não é uma folha ao vento, a sabor das ondas internacionais, Brasil tem uma dinâmica própria de crescimento. Vamos fazer as nossas reformas e vamos crescer", acrescentou.

Últimas