Economia BC autoriza uso de imóvel como garantia de mais de um empréstimo

BC autoriza uso de imóvel como garantia de mais de um empréstimo

Norma apresentada estabelece que, em caso de inadimplência em uma das operações garantidas, as demais vencem antecipadamente

  • Economia | Do R7, com Reuters

Decisão pode liberar R$ 60 bilhões em crédito

Decisão pode liberar R$ 60 bilhões em crédito

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O BC (Banco Central) anunciou nesta terça-feira (23) a possibilidade de uso de imóvel como garantia de mais de um empréstimo, com potencial de liberação de R$ 60 bilhões em crédito, revelou o presidente da autoridade monetária, Roberto Campos Neto.

Segundo o documento, em caso de inadimplência em uma das operações garantidas, as demais vencem antecipadamente.

Leia mais: Banco Central amplia circulação de dinheiro a nível recorde

De acordo com o BC, serão elegíveis à utilização da mesma garantia duas ou mais operações novas e operação adimplente em andamento que apresente “folga de LTV”, que representa o valor a ser retornado pelo cliente ao longo do tempo.

Outras medidas

O Banco Central anunciou ainda como medida para estimular o crédito o programa CGPE (Capital de Giro para Preservação de Empresas), por meio do qual o governo vai na prática reduzir a exigência de provisões dos bancos para passivos contingentes, desde que as instituições direcionem os recursos que serão liberados com esse benefício a empréstimos a micro, pequenas e médias empresas.

Segundo o BC, o potencial de concessão em novos empréstimos com o CGPE é de R$ 127 bilhões, conforme Campos Neto. A linha terá prazo mínimo de três anos e carência de seis meses e as contratações poderão ser feitas até 31 de dezembro deste ano.

As instituições financeiras deverão direcionar pelo menos 50% do capital liberado a empréstimos para empresas com faturamento de até R$ 100 milhões. Até 20% deve ser direcionado a empresas com faturamento entre R$ 100 milhões e R$ 300 milhões, e até 30% para programas com risco compartilhado com o governo, como o novo Pronampe.

Em outra iniciativa para estimular o crédito, o BC anunciou a possibilidade de uso de imóvel como garantia de mais de um empréstimo, com potencial de liberação de 60 bilhões de reais em crédito. Segundo o documento, em caso de inadimplência em uma das operações garantidas, as demais vencem antecipadamente.

O BC também anunciou a redução temporária de capital das instituições financeiras de menor porte, incluindo cooperativas. A medida tem o potencial de liberação de R$ 1,3 bilhão em exigibilidade de capital, o que pode gerar R$ 16,5 bilhões em crédito, segundo o BC.

Últimas