Educação Primeira etapa do Revalida terá nota de corte única

Primeira etapa do Revalida terá nota de corte única

Exame para validar atuação de médicos com diplomas de medicina expedidos no exterior será aplicado neste domingo (5)

  • Educação | Do R7

Revalida terá nota de corte única; primeira fase será realizada neste domingo (5)

Revalida terá nota de corte única; primeira fase será realizada neste domingo (5)

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira) terá nota de corte única. Exame permite aos médicos que obtiveram diploma no exterior possam exercer a medicina no Brasil será realizado neste domingo (5).

Na quinta-feira (2), o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) (Inep) publicou, no DOU (Diário Oficial da União), a retificação do Edital n.º 21/2021, referente à primeira etapa do exame. A retificação trata da correção das provas escritas objetiva e discursiva do exame, que passam a ter nota de corte única. 

Dessa forma, será considerado aprovado na primeira etapa do exame o participante que alcançar, no mínimo, 90 pontos de um total de 150. A pontuação final será correspondente à soma da nota obtida nas provas objetiva e discursiva.

Primeira etapa

A primeira etapa do Revalida 2021 será aplicada neste domingo (5), em 8 capitais brasileiras: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e São Paulo (SP). Os participantes farão as provas objetiva e discursiva, nos turnos matutino e vespertino, respectivamente.

A aplicação da primeira parte do exame iniciará às 8h e terminará às 13h. Na ocasião, os participantes deverão responder a cem questões de múltipla escolha sobre cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Já a prova discursiva terá início às 15h30. Os participantes terão quatro horas para resolverem cinco questões discursivas. A aplicação do exame se encerrará às 19h30. Os participantes com solicitação de tempo adicional aprovada terão direito a uma hora a mais para finalizar a prova, em cada turno. O exame segue o horário de Brasília.

Revalida

Aplicado pelo Inep desde 2011, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) e tem como referência os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional.

O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar de ser aplicado pelo Inep, o ato de apostilamento da revalidação do diploma é uma atribuição das universidades públicas que aderem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

Últimas