Eleições 2014 Em visita à Cracolândia, Padilha diz que Alckmin recusou parceria para ajudar a região

Em visita à Cracolândia, Padilha diz que Alckmin recusou parceria para ajudar a região

Candidato ironizou vaias ao adversário em estação de metrô: "O mundo da propaganda acabou"

  • Eleições 2014 | Érica Saboya, do R7

Suplicy e Padilha fizeram corpo a corpo hoje no centro de São Paulo

Suplicy e Padilha fizeram corpo a corpo hoje no centro de São Paulo

19.08.2014/CRIS FAGA/FOX PRESS PHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, visitou na tarde desta terça-feira (19) a região da Cracolândia, no centro de São Paulo. Entre outras promessas, ele afirmou que, se eleito, vai aumentar as parcerias com o governo federal para realizar ações de segurança e saúde pública no local. E aproveitou para alfinetar o governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição.

— Nós [o governo federal] colocamos à disposição R$ 500 milhões para Estados e municípios. O governo do Estado infelizmente não quis fazer parcerias. O atual governador sempre coloca o partido à frente do interesse da população.

A Cracolândia já esteve no centro de diversas ações do poder público. A mais recente delas é a Operação Braços Abertos, iniciada em janeiro deste ano pela gestão do prefeito Fernando Haddad, correligionário de Padilha.

O petista também criticou Alckmin ao falar sobre o metrô de São Paulo, que é responsabilidade do governo estadual. Ao ficar sabendo sobre as vaias que o tucano levou durante visita à estação Palmeiras-Barra Funda, na zona oeste da capital, o ex-ministro ironizou: "A campanha começou. O mundo da propaganda acabou". 

Uma das promessas da campanha de Padilha é a expansão do metrô para cidades da região metropolitana de São Paulo. Segundo ele, os governos do PSDB inauguraram apenas 2 km de linhas por ano.

— Muitas vezes o atual governador vive no mundo da propaganda. Outro dia eu vi ele falar que está construindo 100 km de metrô. Eu só estou vendo placa, placa tem bastante.

Antes de visitar a Cracolândia, Padilha fez “corpo a corpo” com eleitores nas proximidades da Praça Ramos, acompanhado do candidato do PT ao Senado, Eduardo Suplicy.

Leia mais notícias no R7 Eleições

Últimas