Eleições 2018 Novo presidente será conhecido por volta das 20h deste domingo

Novo presidente será conhecido por volta das 20h deste domingo

Apuração presidencial começa às 17h, mas TSE só divulgará a primeira parcial a partir das 19 horas, quando as urnas se fecham no Acre

Saiba a previsão de horário da apuração das urnas

Urna eletrônica agiliza o resultado das eleições

Urna eletrônica agiliza o resultado das eleições

Alan Marques/Folhapress

Mais de 147 milhões de brasileiros votam neste domingo (28) no segundo turno das eleições presidenciais. Em 13 Estados e no Distrito Federal também haverá votação para governador. Considerando a apuração nas duas últimas eleições presidenciais, o eleitor deve conhecer o nome do próximo presidente do Brasil por volta das 20h.

Entenda como funciona a logística da contagem de votos

Em 2010, a eleição de Dilma Rousseff (PT) foi sacramentada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) às 20h04, com pouco mais de 92% das urnas apuradas. Àquela altura o resultado era considerado irreversível e a petista não poderia mais ser alcançada por José Serra (PSDB).

O resultado final apontou vitória para Dilma com 56,05% dos votos válidos (55,7 milhões de votos), contra 43,95% para Serra (43,7 milhões de votos).

Em 2014, Dilma se reelegeu para o cargo com vantagem apertada, o que fez com que o resultado fosse considerado irreversível somente às 20h27, com 98% das urnas apuradas. A essa hora, Dilma e o então vice-presidente Michel Temer tinham 51,45% dos votos válidos, contra 48,55% de Aécio Neves e Aloysio Nunes (PSDB).

Ao final, Dilma recebeu 54,5 milhões de votos (51,64% dos votos válidos), conta 51 milhões de Aécio (48,36% do total).

O anúncio do presidente em 2010 e 2014 foram mais rápidos do que o verificado nas duas eleições anteriores. De acordo com o TSE, em 2006, o presidente foi conhecido apenas às 21h30. Quatro anos antes, em 2002, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi anunciado eleito às 23h.

Agilidiade na apuração

A velocidade na apuração dos votos se deve às urnas eletrônicas, porque os dados são transmitidos online em uma rede privada da Justiça Eleitoral.

A eleição é encerrada às 17h (sempre no horário local) e só então os votos começam a ser computados. Vale lembrar que as urnas não são conectadas à internet, mas o resultado de cada urna é transmitido ao TSE logo após o encerramento da votação. O processo é mais seguro do que a votação em papel, conforme mostrou o R7 em reportagem antes do primeiro turno.

Eleições 2018: como denunciar notícias falsas à Justiça Eleitoral

A apuração presidencial começa às 17h, após o fechamento das urnas, mas a primeira parcial é anunciada somente às 19h, devido à diferença de fuso horário de duas horas entre o Acre e Brasília. O horário de votação é o mesmo para todos os Estados: das 8h às 17h.

    https://noticias.r7.com/eleicoes-2018