Eleições 2022 Bolsonaro volta a criticar Alexandre de Moraes em live: 'Seja homem'

Bolsonaro volta a criticar Alexandre de Moraes em live: 'Seja homem'

Transmissão do presidente ocorreu nesta quarta (28), em local não divulgado, devido à proibição do TSE de que seja dentro do Palácio da Alvorada

  • Eleições 2022 | Do R7, em Brasília

Tarcísio de Freitas e o presidente Jair Bolsonaro durante live nesta quarta-feira (28)

Tarcísio de Freitas e o presidente Jair Bolsonaro durante live nesta quarta-feira (28)

Reprodução/Jair Bolsonaro/YouTube - 28.09.2022

Durante uma live na noite desta quarta-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral. "Seja homem", disse. A afirmação foi feita enquanto o chefe do Executivo nacional e candidato à reeleição reclamava de reportagens que mostraram que a Polícia Federal encontrou no telefone do principal ajudante de ordens de Bolsonaro — o tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid — mensagens sobre transações financeiras feitas no gabinete do presidente.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DAS ELEIÇÕES 2022 NA PÁGINA ESPECIAL DO R7

"O Alexandre de Moraes, nesses inquéritos dele que ele resolve fazer, ignora Ministério Público, sem respaldo nenhum. Resolve fazer o quê? Quebrar o sigilo do meu ajudante de ordem. Uma covardia! Covardia! Por que ele quebrou o sigilo do ajudante de ordem?", questiona. "O Alexandre de Moraes vaza para a imprensa. É uma atitude que não vou adjetivar aqui. Eu tenho vergonha de adjetivar aqui. O cara é ministro do Supremo Tribunal Federal. Vaza, aí a imprensa começa a especular", complementa.

Marcos Pontes, candidato ao Senado, e Bolsonaro

Marcos Pontes, candidato ao Senado, e Bolsonaro

Reprodução/Jair Bolsonaro/YouTube - 28.09.2022

"Minha esposa não tem escritório de advocacia. Então, contas... Valores atípicos... Bota o valor, Alexandre! Bota o valor! Seja homem, Alexandre de Moraes. Bota o valor. Você vazou a quebra do sigilo telemático, bota o valor agora. Para o povo tomar conhecimento dos valores que entraram pela Michele para pagar aí as atividades particulares dela que estão por aí. Bota os valores. Agora, recebi informação, abriu inquérito para investigar se a PF [Polícia Federal] ou MP [Ministério Público] vazou. Alexandre, quem vazou foi você. Seja homem, Alexandre", afirmou Bolsonaro.

Local da live não informado

Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manter a proibição de lives dentro dos Palácios do Planalto e da Alvorada, o presidente passou a fazer as transmissões em locais não divulgados. Bolsonaro citou o caso nesta quarta-feira.

"Estou escondido fazendo live, escondido. A despesa enorme levando em conta que eu gasto se estivesse no Alvorada, a iluminação da biblioteca, mais nada. Não teria essa dezena de seguranças como tem por aqui. Gasto com viatura etc.", argumentou o presidente.

'Vai dar uma canetada e me prender?'

Na transmissão desta terça-feira (27), Bolsonaro voltou a dizer que quer "eleições limpas e transparentes", a criticar Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a atacar o ministro Alexandre de Moraes.

"O primeiro turno existe exatamente para votar em quem você acha que deve votar. E o segundo turno é ter opção, e sempre tem, o melhor ou menos ruim. E eu peço a você: não anule, não se abstenha, não vote em branco", disse Bolsonaro.

Jair Bolsonaro durante a live desta terça-feira (27)

Jair Bolsonaro durante a live desta terça-feira (27)

Reprodução Youtube 27.09.2022

Em outro momento, Bolsonaro atacou o candidato petista ao Palácio do Planalto. "Essa semana o Lula declara que vai entrar na Justiça e requerer indenização pelo período que esteve preso. Se o Lula entrar na Justiça, e se cair no Supremo, a gente sabe que o Supremo, a princípio, vai dar causa para ele. Ele tem a maioria lá dentro, então, tem tudo para ganhar uma indenização bilionária", afirmou o presidente.

Bolsonaro também citou o telefonema do seu principal ajudante de ordens, o tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid.

"Você mexer comigo é uma coisa. Você mexer com a minha esposa, você ultrapassou todos os limites, Alexandre de Moraes. Todos os limites. Está pensando o que da vida? Que pode tudo, e tudo bem? Vai dar uma canetada e me prender? É isso que passa pela sua cabeça? É uma covardia", completou o presidente.

Últimas