Eleições 2022 Câmara Legislativa do DF elege 5 deputados da segurança pública, 2 da saúde e 1 professor

Câmara Legislativa do DF elege 5 deputados da segurança pública, 2 da saúde e 1 professor

Os três distritais mais votados para a Casa nas eleições deste ano, no entanto, não pertencem a nenhuma dessas categorias

  • Eleições 2022 | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Câmara Legislativa do Distrito Federal

Câmara Legislativa do Distrito Federal

Divulgação/CLDF

Cinco agentes de forças de segurança civis e militares foram eleitos deputados distritais e ocuparão a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) na próxima legislatura. Outros quatro dos 12 novos parlamentares eleitos no primeiro turno das eleições são empresários, dois são ligados à área da Saúde e um é professor.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DAS ELEIÇÕES 2022 NA PÁGINA ESPECIAL DO R7

A partir de 2023, a bancada da segurança pública vai aumentar de tamanho e vai corresponder a 20,8% da composição da Casa. Na eleição passada, eram quatro nomes ligados à segurança. Agora, os estreantes delegada Jane Klébia (Agir) e o policial civil Wellington Luiz (MDB) entraram para o grupo.

Além deles, outros três foram reeleitos: o militar reformado da Força Aérea Brasileira (FAB) Iolando Almeida (MDB), o subtentente da Polícia Militar Hermeto (MDB) e o subtetente do Corpo de Bombeiros Roosevelt Vilela (PL).

O cientista político Alessandro Costa ressalta que temas como o da segurança pública, saúde e educação estão entre os que são apontados como mais importantes pelo eleitorado. "Candidatos que se apresentam como sendo oriundos dessa área detêm, ainda, um grande número de votos de colegas de profissão que imaginam como positivo ter um representante de seus interesses".

Empresários

A porção dos deputados ligados ao setor produtivo é quase tão numerosa quanto os da segurança e conta com quatro empresários. Desse total, três já exercem o mandato nesta legislatura: Robério Negreiros (PSD), Jaqueline Silva (Agir) e Eduardo Pedrosa (União Brasil). Paula Belmonte (Cidadania) é a novata na Casa.

Saúde

Entre os parlamentares da área da Saúde, dois enfermeiros conquistaram vagas na Câmara Legislativa: Jorge Vianna (PSD), que foi reconduzido ao cargo, e Dayse Amarilio (PSB), eleita para o primeiro mandato. Com isso, o grupo ligado ao setor dobrou de tamanho.

Educação

Nas eleições deste ano, apenas um candidato que tem como principal ocupação o trabalho de professor foi eleito: Gabriel Magno (PT), tido como sucessor de Arlete Sampaio (PT), que se aposenta da política ao final deste mandato.

Veja tambémEspecialista comenta resultado de eleições no Distrito Federal

Pódio

Os três distritais mais votados neste pleito, no entanto, não pertencem a essas categorias. Fábio Félix (PSOL) foi reeleito para o segundo mandato com a maior votação da história. O assistente social obteve 51,7 mil votos.

O segundo colocado é o radialista Chico Vigilante (PT), com 43,8 mil. O pedagogo e ativista Max Maciel (PSOL) conquistou a preferência de 35,7 mil eleitores. Ao todo, somaram 131,4 mil votos, o que equivale 8,17% dos 1.607.519 votos válidos.

Últimas