Eleições 2022 PROS aprova apoio a Lula e pretende retirar candidatura de Pablo Marçal

PROS aprova apoio a Lula e pretende retirar candidatura de Pablo Marçal

Decisão ganhou força após a Justiça devolver a presidência da sigla a Eurípedes Júnior; partido deve fazer o anúncio nesta semana

  • Eleições 2022 | Renato Souza, do R7, em Brasília

Pablo Marçal foi lançado candidato a presidente pelo PROS

Pablo Marçal foi lançado candidato a presidente pelo PROS

PROS/Reprodução

O PROS pretende anunciar a desistência da candidatura do coach Pablo Marçal à Presidência da República e declarar apoio à chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ex-governador Geraldo Alckmin. O tema foi discutido na manhã desta quarta-feira (3) em São Paulo. Marçal diz que a candidatura não pode ser revertida (leia nota na íntegra ao fim da reportagem).

A decisão ganhou força após a Justiça devolver a presidência da sigla a Eurípedes Júnior, que tinha sido afastado após a realização de uma assembleia feita pela diretoria que estava no comando do PROS. Internamente, existe uma disputa entre dois grupos pelo comando da legenda, mas Eurípedes ganhou aval do ministro Jorge Mussi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O advogado do PROS, Bruno Pena, afirmou ao R7 que na reunião a diretoria aprovou apoio ao ex-presidente. "Hoje houve uma reunião em São Paulo no qual foi declarado apoio à candidatura do ex-presidente Lula. A decisão de retirar a candidatura do Pablo Marçal será tomada na sexta-feira, mas vamos conversar com ele ainda. Eu acho que ele seria uma ótima candidatura a deputado federal", disse.

A convenção para decidir sobre a retirada ou não da candidatura de Marçal será realizada em Brasília. A tendência é que a diretoria decida pela desistência de lançar candidato próprio para apoiar o petista. Em viagens a Brasília, Lula chegou a se reunir com Eurípedes e outros representantes do PROS.

Marçal ficou famoso por vídeos postados nas redes sociais e por levar apoiadores para o alto do Pico do Marins (SP), na Serra da Mantiqueira, e precisar de resgate do Corpo de Bombeiros para descer. Ele também é pastor e vende cursos pela internet.

Leia a nota de Marçal:

Sobre a notícia veiculada a partir de uma nota do PT de que a atual direção do PROS decidiu apoiar a candidatura daquela sigla, informamos que a atual executiva não se manifestou até o presente momento e que a candidatura de Pablo Marçal foi indicada em ata de convenção realizada pelo partido dentro dos prazos legais. Para que se consolide o suposto apoio, seriam necessários 10 dias para convocação de uma nova convenção, conforme estatuto do partido, algo inviável até o dia 5 de agosto. Esclarecemos que qualquer ação no sentido de descumprir a indicação realizada na convenção e contrária ao ordenamento jurídico vigente, será objeto de judicialização, uma vez que já existe o registro da candidatura aguardando apenas a homologação do TSE. A candidatura de Pablo Marçal que, até então, era motivo de piada para determinados setores da política, com a efetivação da indicação na convenção, tornou-se em pesadelo, sendo essa movimentação a prova viva disso. Seguimos firmes no propósito de destravar a nação pelo voto e de enfrentar qualquer poder que, arbitrária e ilegalmente, ouse afrontar o estado democrático de direito.

Últimas