Internacional Afegãos protestam em frente à sede da ONU no Quirguistão

Afegãos protestam em frente à sede da ONU no Quirguistão

Refugiados pedem para serem transferidos para os EUA, para o Canadá ou para algum país da Europa Ocidental

Agência EFE
Refugiados afegãos protestam em frente à sede da ONU em Bishkek, no Quirguistão

Refugiados afegãos protestam em frente à sede da ONU em Bishkek, no Quirguistão

EFE/EPA/IGOR KOVALENKO

Mais de 50 refugiados afegãos protestaram nesta quarta-feira (25) em frente à sede da ONU em Bishkek, capital do Quirguistão, solicitando sua transferência para os Estados Unidos, Canadá ou algum país da Europa Ocidental.

De acordo com o portal "24 kg", os manifestantes também incluíam afegãos que vivem no Quirguistão há quase duas décadas sem regularizar sua situação.

Eles se reuniram em frente à sede da ONU onde desdobraram uma faixa com a inscrição "SOS" e o pedido de "resgate".

Anteriormente, os refugiados organizaram outro protesto em frente à embaixada dos Estados Unidos no país da Ásia Central.

Hoje, a Rússia enviou quatro aviões ao Afeganistão para retirar mais de 500 cidadãos da Rússia e de outras antigas repúblicas soviéticas, incluindo do Quirguistão.

Na última segunda-feira, o Quirguistão restringiu a emissão de vistos para cidadãos afegãos, argumentando que visa evitar que possíveis terroristas entrem no país.

Talibã: 7 pontos importantes para entender o grupo extremista

Últimas