Internacional Alemanha cobra resposta da Rússia para envenenamento de opositor

Alemanha cobra resposta da Rússia para envenenamento de opositor

Angela Merkel condenou "profundamente" o ataque ao opositor do governo russo, Alexei Navalny e expressou solidariedade com sua família 

  • Internacional | Da EFE

Angela Merkel afirmou que entrou em contato com parceiros na Otan

Angela Merkel afirmou que entrou em contato com parceiros na Otan

Jesco Denzel / Divulgação via EFE - EPA - 11.5.2020

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta quarta-feira (2) que o envenenamento do líder da oposição russa Alexei Navalny, terá uma "resposta comum apropriada", pois viola "direitos e valores fundamentais".

Merkel fez essas declarações após o hospital de Berlim, onde o opositor está internado em coma, ter confirmado que ele foi envenenado com uma substância utilizada na produção de armas químicas e que pertence ao grupo do agente nervoso Novichok.

Navalny, que está internado no hospital Charité desde o dia 22 de agosto, foi "vítima de um crime", disse a chanceler, destacando que neste caso há "questões sérias que só o governo russo pode e deve responder".

Leia mais: Rússia exige 'provas concretas' de que Navalny foi envenenado

"Esperamos que o governo russo esclareça isso. O mundo aguarda uma resposta", acrescentou a mandatária alemã.

Angela Merkel explicou que o governo alemão já havia entrado em contato com seus parceiros europeus e seus aliados na Otan para atualizá-los, assim como a Câmara Baixa alemã e a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

Os resultados dos exames médicos de Navalny também foram comunicados ao embaixador russo na Alemanha.

Leia também: Empresário próximo de Putin promete arruinar opositor Navalny

Merkel condenou "profundamente" o ataque ao opositor do governo russo, expressou solidariedade com sua família e amigos e disse estar aguardando pela sua recuperação.

Alexei Navalny desmaiou durante uma viagem aérea, no dia 20 de agosto e, desde então, seus colaboradores vêm falando de envenenamento. Dois dias depois, ele foi transferido de ambulância aérea para Berlim a pedido de sua família.

Últimas