Internacional Cartel desafia governo do México em vídeo com homens armados

Cartel desafia governo do México em vídeo com homens armados

Imagens mostram pelo menos 80 homens mascarados e fortemente armados, além de mais de 20 veículos, em tentativa de intimidar o governo

Homens do Cartel Jalisco Nueva Generación exibem blindados e armas pesadas

Homens do Cartel Jalisco Nueva Generación exibem blindados e armas pesadas

Reprodução

Um vídeo de pouco mais de 2 minutos, publicado durante o fim de semana em redes sociais, mostra um verdadeiro desafio que um dos cartéis de drogas mais poderosos do México faz ao governo local.

Leia também: Ataque de cartel no México deixa 14 policiais estaduais mortos

Nas imagens, é possível ver cerca de 80 homens fortemente armados com fuzis, escopetas e lança-granadas, todos com os rostos cobertos e usando roupas militares, junto com pelo menos 20 veículos, entre caminhonetes e blindados. Nos uniformes, eles trazem a identificação de "forças de elite do Cartel Jalisco Nueva Generación". (veja as imagens abaixo)

O vídeo teria sido gravado em uma serra no estado de Jalisco, no sudoeste do México, região atualmente dominada pelo cartel. Os homens armados gritam "Pura gente del señor Mencho, arriba el señor Mencho" ("O puro povo do senhor Mencho, viva o senhor Mencho", em tradução livre).

Eles se referem a Nemésio Oseguera Cervantes, conhecido como "El Mencho", líder do Cartel Jalisco Nueva Generación e um dos traficantes mais procurados do mundo. A suspeita é que depois da prisão e condenação de Joaquín "El Chapo" Guzmán, ele tenha se tornado o chefão mais poderoso do país.

Demonstração de força

Essa foi a primeira grande exibição pública de força por parte do CJNG desde o atentado há pouco mais de três semanas, contra o secretário de segurança da Cidade do México, Omar García Harfuch. Harfuch sobreviveu, mas outras quatro pessoas morreram no ataque.

"Para mim, é uma mensagem clara para o governo federal mexicano: se vierem atrás de nós, vamos revidar", disse o analista Falko Ernst, da consultoria internacional Crisis Group, em seu perfil no Twitter.

Segundo o especialista, o vídeo não mostra uma mudança no enfrentamento entre o cartel e as forças de segurança, mas uma ameaça no sentido de manter a situação como ela é hoje. "É claramente uma superprodução, todos os uniformes, carros e armas são novos", afirma Ernst.

O secretário de Segurança do governo federal, Alfonso Durazo, disse que o governo está checando a autenticidade do vídeo, mas garantiu que "não há nenhum grupo criminoso com capacidade para desafiar com sucesso as forças federais de segurança".

Últimas