Guerra Israel x Hamas

Internacional Chefe da diplomacia europeia pede trégua duradoura entre Israel e terroristas do Hamas

Chefe da diplomacia europeia pede trégua duradoura entre Israel e terroristas do Hamas

Último dia do acordo inicial de pausa nas hostilidades chega ao fim amanhã; 40 israelenses sequestrados já foram soltos

  • Internacional | Do R7, com AFP

Guerra na Faixa de Gaza começou em 7 de outubro

Guerra na Faixa de Gaza começou em 7 de outubro

Forças de Defesa de Israel/via Reuters - 27.11.2023

O chefe da diplomacia da UE (União Europeia), Josep Borrell, pediu nesta segunda-feira (27) uma prorrogação da trégua em Gaza, que deve terminar nesta terça-feira (28), com a meta de trabalhar por uma "solução política" para o conflito. 

A trégua, um "primeiro passo importante" segundo Borrell, "deve ser prorrogada para torná-la sustentável e duradoura enquanto se trabalha por uma solução política", afirmou o chefe da diplomacia da UE na abertura de uma reunião da União pelo Mediterrâneo em Barcelona.

A guerra na Faixa de Gaza começou em 7 de outubro, como resposta de Israel ao ataque terrorista orquestrado pelo Hamas em solo israelense. Naquela ocasião, 1.200 pessoas foram mortas, e 240, sequestradas. 

A última soltura de reféns israelenses, como parte do acordo inicial, está prevista para ocorrer hoje, bem como a libertação do último grupo de prisioneiros palestinos por parte de Israel.

A pausa nas hostilidades entrou em vigor às 7h (2h, no horário de Brasília) da última sexta-feira (24). Desde então, 40 cidadãos israelenses e 21 estrangeiros foram soltos pelos terroristas do Hamas. 

O acordo, negociado pelo Catar com o apoio dos Estados Unidos e do Egito, previa quatro dias de trégua nos combates, a entrada de ajuda humanitária em Gaza, a libertação de 50 reféns dos mais de 200 mantidos em Gaza e a saída de 150 detentos palestinos das prisões israelenses.

Há uma cláusula, porém, que prevê que, para cada dia adicional de pausa nas hostilidades, haveria a libertação de mais um grupo de dez reféns. 

Últimas