Internacional Garota sequestrada há seis anos nos EUA é encontrada após aparecer em série de TV

Garota sequestrada há seis anos nos EUA é encontrada após aparecer em série de TV

Jovem tinha sido raptada pela própria mãe e estava vivendo a 965 quilômetros do pai, que nunca deixou de procurá-la

Agência EFE
Kayla tinha 9 anos quando foi sequestrada por sua mãe, Heather Unbehaun, que havia perdido a custódia

Kayla tinha 9 anos quando foi sequestrada por sua mãe, Heather Unbehaun, que havia perdido a custódia

Reprodução Twitter/@ygorpalopoli

A polícia da cidade americana de Asheville, no estado da Carolina do Norte, conseguiu encontrar uma adolescente desaparecida havia seis anos, após ter sido sequestrada pela mãe, graças ao telefonema de uma pessoa que a reconheceu depois de se informar sobre o caso em uma série da Netflix.

Kahyla Unbehaun, que agora tem 15 anos, estava na Carolina do Norte, a cerca de 965 quilômetros da casa de seu pai — em Illinois —, que não parou de procurá-la por todos esses anos, segundo relatou a emissora de televisão CNN nesta quarta-feira (17).

Seu caso apareceu na última temporada de Unsolved Mysteries, série da Netflix que conta "casos reais de desaparecimentos intrigantes, assassinatos chocantes e encontros paranormais", como descreve a sinopse da plataforma de streaming.

Por meio de mensagem nas redes sociais, a Netflix confirmou que "o dono de uma loja na Carolina do Norte reconheceu Kayla Unbehaun, que foi sequestrada em 2017 pela mãe sem custódia, e acionou a polícia".

"Um espectador de Unsolved Mysteries encerrou um caso!", afirmou a plataforma.

Kayla tinha 9 anos quando foi sequestrada por sua mãe, Heather Unbehaun, que havia perdido a custódia, de acordo com o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas.

Segundo a CNN, o pai de Kayla, Ryan Iserka, recebeu a custódia total no início de 2017, enquanto a mãe tinha direito a visitas supervisionadas.

Porém, quando Iserka foi buscar a menina, após uma das visitas, descobriu que elas tinham saído em viagem. Um mandado de prisão por sequestro foi emitido para Heather Unbehaun em 28 de julho de 2017.

Durante esses anos, Iserka fez campanha nas redes sociais para tentar localizar a menina, até que, no último sábado, um homem ligou para a polícia para dizer que a tinha visto em uma loja e que a havia reconhecido após assistir à série.

Heather foi detida no próprio sábado, e a adolescente foi entregue ao pai, que, por meio das redes sociais, agradeceu pela colaboração e pediu privacidade para o "novo começo".

Além de beijinhos, abraços e aperto de mão: conheça sete cumprimentos inusitados em outros países

Últimas