Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Governo 'considerou matar todos os gatos' do Reino Unido no início da pandemia, diz ex-ministro

James Bethell chefiou o programa para controle da Covid-19 e revelou que as autoridades não sabiam se pets poderiam transmitir o coronavírus

Internacional|Do R7


Governo do Reino Unido teria considerado 'matar todos os gatos' da nação
Governo do Reino Unido teria considerado 'matar todos os gatos' da nação

No início da pandemia de Covid-19, o governo do Reino Unido teria considerado matar todos os gatos da nação. Ao menos é o que afirmou o ex-ministro James Bethell, em entrevista ao telejornal Channel 4 News.

"Houve um momento em que não tínhamos certeza se os animais domésticos poderiam transmitir a doença", declarou Bethell, que entre 2020 e 2021 chefiou o NHS Test and Trace, programa da Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido para o controle da Covid-19.

De acordo com o ex-ministro, a falta de informações sobre o coronovírus naquela época levou diversas autoridades a ponderar ideias horríveis para enfrentar a situação.

Vale o clique: Múmia de mais de 600 anos é encontrada em bolsa térmica de entregador no Peru

Publicidade

"Houve uma ideia, em um momento, de que poderíamos ter que pedir ao público para exterminar todos os gatos na Grã-Bretanha", acrescentou. "Você pode imaginar o que teria acontecido se quiséssemos fazer isso?"

Leia também

Felizmente, não havia evidências de que esse tipo de transmissão poderia ocorrer, e, após investigações, a possível medida desastrosa foi devidamente descartada.

Por falar em gatos, Istambul hoje é considerada a cidade deles. Confira abaixo!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.