Internacional Israel desiste de indicar Dani Dayan para a embaixada no Brasil

Israel desiste de indicar Dani Dayan para a embaixada no Brasil

Primeiro ministro Netanyahu anunciou que Dayan seria nomeado cônsul-geral de Nova York

Israel desiste de indicar Dani Dayan para a embaixada no Brasil

Acredita-se que a indicação de Dayan tenha causado polêmica por conta de ele ser morador da Cisjordânia

Acredita-se que a indicação de Dayan tenha causado polêmica por conta de ele ser morador da Cisjordânia

Reprodução/ The Jerusalem Post

O governo de Israel recuou após meses de uma disputa diplomática com o Brasil, retirando o processo de nomeação do argentino naturalizado israelense Dani Dayan à embaixada no País.

O longo impasse de sete meses sobre a nomeação de Dani Dayan, um ex-presidente do conselho de colonos da Cisjordânia, teria chegado ao fim nesta segunda-feira (28), segundo o jornal The Guardian, após o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciar que Dayan seria nomeado cônsul-geral de Nova York.

Israel vai desistir de indicar embaixador Dani Dayan ao Brasil

Crise diplomática: recusa de novo embaixador gera mal-estar entre Brasil e Israel

Vice-chanceler de Israel culpa impeachment por veto do Itamaraty a novo embaixador israelense

A demora do Itamaraty em aceitar o novo embaixador indicado por Israel para o Brasil gerou um mal-estar diplomático entre ambos os países.

O embaixador anterior de Israel no Brasil, Reda Mansour, deixou Brasília no final de dezembro e, desde então, o País está sem um embaixador oficial israelense.

Acredita-se que a indicação de Dayan tenha causado polêmica por conta de ele ser morador da Cisjordânia — território palestino ocupado por Israel desde 1967. A posição formal do Brasil é contra as ocupações judaicas em territórios palestinos.

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!

(Com informações do The Guardian)

    Access log