Rússia x Ucrânia

Internacional Primeira-dama ucraniana fala ao Congresso dos EUA e pede ajuda na guerra contra a Rússia

Primeira-dama ucraniana fala ao Congresso dos EUA e pede ajuda na guerra contra a Rússia

Olena Zelenska exibiu imagens de crianças que foram mortas ou feridas em ataques russos e fez um apelo pela paz

  • Internacional | Do R7, com informações da Reuters

Resumindo a Notícia

  • Discurso da primeira-dama ocorreu em um auditório do Centro de Visitantes do Capitólio
  • Olena ainda compartilhou detalhes sobre os ataques com mísseis russos no país
  • Primeira-dama foi recebida na Casa Branca na última terça-feira por Joe e Jill Biden
  • Jill Biden fez uma visita surpresa à Ucrânia em maio, visitando Olena e uma escola
A primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska

A primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska

Saul Loeb/Pool via REUTERS

A primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska, discursou presencialmente ao Congresso dos Estados Unidos nesta quarta-feira (20). A esposa do presidente ucraniano, Volodmir Zelenski, pediu ajuda militar dos americanos para acabar com a guerra contra a Rússia. No próximo domingo (24), o conflito no Leste Europeu completa cinco meses.

Olena também pediu paz e fez um apelo em nome das famílias ucranianas tão afetadas pelo conflito. "Queremos que todos os pais e todas as mães sejam capazes de dizer a seus filhos que vão dormir em paz, não haverá mais ataques aéreos, não haverá mais ataques com mísseis. Isso é demais para desejar?", disse diante dos congressistas. 

O discurso da primeira-dama ocorreu em um auditório do Centro de Visitantes do Capitólio – o mesmo local onde Zelenski falou ao Congresso virtualmente em março, apenas algumas semanas depois que os militares russos invadiram a Ucrânia.

Olena ainda compartilhou detalhes sobre os ataques com mísseis russos no país, concentrando-se nas crianças que foram mortas ou feridas. Ela descreveu a jovem Lisa como uma criança "alegre e brincalhona" enquanto exibia um vídeo no qual a mãe da jovem ucraniana empurrava o carrinho da filha.

Na sequência, foi mostrada uma foto do carrinho de Lisa caído após um ataque de mísseis russos que matou a menina de apenas quatro anos.

"Esses são os Jogos Vorazes da Rússia, caçando pessoas pacíficas em cidades pacíficas da Ucrânia. Eles nunca divulgarão isso em seus noticiários. É por isso que estou mostrando a vocês aqui", afirmou.

Fotos de outras vítimas, incluindo outras crianças e uma família inteira que morreram na guerra, também foram projetadas.

"Esta menina é Eva. Ela gostava de desenhar. Ela tinha apenas cinco anos", disse Olena, enquanto mostrava uma foto de um pequeno corpo sem vida no meio de ruínas.

Olena Zelenska foi recebida na Casa Branca na última terça-feira (20) pelo presidente dos EUA, Joe Biden, e pela primeira-dama Jill Biden.

Jill Biden na Ucrânia

Jill Biden fez uma visita surpresa à Ucrânia em maio, visitando Olena e uma escola que abrigava ucranianos deslocados.

A Rússia chama sua ação na Ucrânia de "operação militar especial" para garantir sua própria segurança. Zelenskiy liderou seu país ao enfrentar Moscou.

"Quando voltei, uma das coisas que eu disse foi que você não pode entrar em uma zona de guerra e voltar e não sentir a tristeza e a dor das pessoas", disse Jill Biden.

Antes de sua visita à Casa Branca, Olena recebeu um prêmio de direitos humanos em nome da Ucrânia da Fundação Memorial às Vítimas do Comunismo em Washington.

"Obrigado pelo prêmio, porque ao concedê-lo a nós, você mais uma vez lembrou ao mundo sobre a coragem e a honestidade de nossa luta", disse a primeira-dama ucraniana.

Últimas