Internacional Rompimento de geleira no Himalaia derruba barragem de hidrelétrica

Rompimento de geleira no Himalaia derruba barragem de hidrelétrica

O acidente com a geleira obrigou os moradores a fugir da fúria das águas e deixou ao menos 7 mortos e centenas de desaparecidos

Reuters
Rompimento da geleira destruiu barragem de hidrelétrica e rio invadiu tudo

Rompimento da geleira destruiu barragem de hidrelétrica e rio invadiu tudo

Reuters

O rompimento de uma geleira do Himalaia causou a destruição da barragem de uma hidrelétrica na Índia. Com o acidente, um rio invadiu as aldeias locais e provocou pânico neste domingo (7), deixando ao menos 7 mortos e centenas de desaparecidos, pelo menos 150 pessoas trabalhavam na usina no momento do acidente. A área mais afetada pela catástrofe natural foi Chimoli, em Uttarakhand. 

Testemunhas contaram ter visto uma verdadeira "parede" de poeira, pedras e água, enquanto a avalanche avançava sobre o vale do rio Dhauli Ganga.

“Foi tudo muito rápido, não houve tempo de avisar ninguém", disse Sanjay Singh Rana, por telefone, à Reuters. Sanjay mora perto das margens superiores do rio, na aldeia de Raini.

“Eu senti que até a gente poderia ser levado junto com as águas, mesmo não estando tão perto”, afirmou.

A força aérea do país está trabalhando nas operações de resgate. O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi disse, no Twitter, que “a Índia inteira está junto de Uttarakhand em orações pela segurança de todos no local."

Últimas