Minas Gerais Assembleia de Minas volta de recesso com CPI na agenda

Assembleia de Minas volta de recesso com CPI na agenda

CPI da Cemig apura eventuais irregularidades na companhia e tem sua segunda reunião marcada para a tarde de hoje

Assembleia de Minas retoma os trabalhos após recesso parlamentar

Assembleia de Minas retoma os trabalhos após recesso parlamentar

Gustavo Fortuna / Record TV Minas

Depoos de um recesso de duas semanas, os deputados estaduais de Minas Gerais retomam os trabalhos na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (2). Na pauta da Casa, está a segunda reunião da CPI da Cemig

A Comissão Parlamentar de Inquérito foi criada em junho deste ano com o objetivo de investigar supostas irregularidades em contratos firmados pela empresa e ilegalidades praticadas pela atual gestão da companhia. 

Veja: Cemig dá aval a contrato irregular de RH para seleção de presidente

Nesta reunião, os deputados vão analisar e votar requerimentos e novos pedidos de informação sobre a Cemig. Ainda não há depoimentos marcados. 

Na primeira reunião, realizada em 8 de julho, os parlamentares solicitaram à gestão de Reynaldo Passanezi Filho, atual diretor-presidente da companhia, o inteiro teor de contratos, termos aditivos e procedimentos administrativos para a contratação de serviços de consultoria e assessoria técnica. 

Leia mais: "Não faz sentido consultar o povo", diz Zema sobre privatização

Os parlamentares também pediram informações sobre todos os escritórios e representantes da Cemig e de suas subsidiárias localizadas em São Paulo.

A CPI da Cemig também pediu que o Ministério Público compartilhe inquéritos abertos para apurar supostas irregularidades na gestão da companhia. 

Últimas