Minas Gerais Betim (MG) vai rever regras da covid após fim de semana com festas

Betim (MG) vai rever regras da covid após fim de semana com festas

Um dos eventos, autorizado pela prefeitura da cidade que fica na região metropolitana de BH, reuniu aproximadamente 600 pessoas em um sítio

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Após ter fim de semana com festas movimentadas, a Prefeitura de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, vai rever as regras de combate à covid-19 na cidade. Um dos eventos aconteceu sem autorização das autoridades, já o outro tinha alvará do município e reuniu 600 pessoas.

Segundo o Executivo Municipal, uma reunião prevista para o início desta semana vai “reavaliar os protocolos e intensificar as fiscalizações em praças, bares e em festas”.

Festa rave aconteceu sem alvará

Festa rave aconteceu sem alvará

Reprodução / redes sociais

A cidade de aproximadamente 444.784 habitantes tem 8.677 casos confirmados de covid-19. A doença matou ao menos 263 moradores do município.

Segundo o Governo de Minas, Betim assinou o termo para seguir as orientações do programa Minas Consciente, que orienta o fechamento e a abertura das cidades durante a pandemia. Segundo o programa, atualmente, o município deve se enquadrar à onda amarela.

Nesta fase, não é sugerida a liberação de eventos. Apenas dos serviços essenciais, lojas de roupas, academias, agências de viagens e bares com direito a música ao vivo.

Festas

Segundo a prefeitura, a rave Hush aconteceu no fim de semana sem alvará, no bairro PTB. Os organizadores conseguiram autorização da Vigilância Sanitária, mas segundo o Executivo Municipal, a Controladoria-Geral não havia liberado a certificação para funcionamento. A reportagem tenta contato com os produtores do evento.

Já a festa realizada em um sítio no bairro Bandeirinhas, no sábado (12), tinha a liberação da prefeitura. O executivo permitiu a entrada de até 800 pessoas na área com aproximadamente 20 mil metros quadrados. Fiscais estiveram no local e identificaram 600 convidados. Segundo a equipe de fiscalização, todas as medidas de segurança contra a covid-19 orientadas pelo município foram seguidas.

A prefeitura ainda não esclareceu se a rave foi interditada. Segundo o Executivo, três eventos clandestinos foram interrompidos e um notificado por não cumprir as regras de segurança apenas neste domingo (13).

Regras na Grande BH

Outras cidades da Grande BH já reviram as medidas de proteção para tentar conter o avanço da pandemia. Em Belo Horizonte, os eventos gastronômicos, espetáculos e shows foram proibidos. Os bares e restaurantes também não podem vender bebidas alcoólicas para consumo no local.

Em Contagem, na região metropolitana, as boates, os shows, cinemas teatros, velórios e eventos públicos e privados também estão banidos. O município manteve, entretanto, a música ao vivo nos bares. Em Nova Lima, a venda de bebidas alcoólicas também foi vetada.

No fim de novembro, reportagem do R7 mostrou que a abertura nas cidades da região metropolitana serviam como fuga para os moradores de Belo Horizonte que queriam driblar as regras para covid-19.

Últimas