Minas Gerais BH: prefeitura recua e pede vacina em eventos com até 500 pessoas

BH: prefeitura recua e pede vacina em eventos com até 500 pessoas

Administração municipal chegou a anunciar que comprovante de imunização não seria necessário; veja as regras para as atividades 

  • Minas Gerais | Ana Gomes, Do R7

Regras já estão em vigor na capital mineira

Regras já estão em vigor na capital mineira

Freepik/Reprodução

A Prefeitura de Belo Horizonte oficializou, na manhã desta terça-feira (1º), as regras para os eventos na cidade. Para festividades com público sentado de até 500 pessoas e sem serviço de alimentação para consumo no local será exigida a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19.

Na tarde desta segunda-feira (31), a administração municipal chegou a anunciar que o cartão de imunização não seria necessário. A liberação para essas atividades aconteceu após representantes do setor se manifestarem na capital e se reunirem com o prefeito Alexandre Kalil (PSD).

Já para as festividades com mais de 500 pessoas, com público em pé ou que servem comida no local será cobrada a apresentação do comprovante de vacinação e exame negativo de Covid-19 para a entrada, conforme foi comunicado por Kalil, na última quarta-feira (26). Os testes antígeno ou RT-PCR devem ser realizados até 72h antes.

Os protocolos são válidos para as atividades em casas de shows e espetáculos, estabelecimentos de festas, discotecas, danceterias, salões de dança e espetáculo circense. 

Eventos esportivos

As regras para os jogos de futebol na capital mineira estão mantidas. Os estádios podem receber 100% da capacidade e os torcedores devem apresentar teste negativo para a Covid-19 e o comprovante de vacinação, além da utilização de máscara.

As corridas na cidade também devem seguir os mesmos protocolos, sendo que o item de proteção pode ser retirado pelos participantes no momento da largada e colocado ao término da prova. Os demais eventos esportivos devem seguir as medidas publicadas no DOM desta terça-feira (1º).

Últimas