Minas Gerais BH tem mais 16 grupos para vacinação prioritária contra a covid

BH tem mais 16 grupos para vacinação prioritária contra a covid

Capital mineira concluiu 1ª etapa de vacinação de pessoas com comorbidades e espera avançar no calendário de imunização

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Campanha de vacinação contra a covid-19 avança em Belo Horizonte

Campanha de vacinação contra a covid-19 avança em Belo Horizonte

Divulgação

Belo Horizonte concluiu a vacinação de pessoas entre 18 e 59 anos, com comorbidade, que fizeram o cadastro no site da prefeitura no início do mês. Com isso, o Executivo municipal dá um passo adiante no processo de imunização dos grupos que pertencem à fila de prioridades.

O PNI (Programa Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde, prevê, ainda, a vacinação de mais 16 grupos de pessoas que têm direito à prioridade antes de chegar ao público mais amplo, que não se enquadram nas especificidades indicadas pelo programa. A lista completa pode ser conferida neste link.

Dentre eles estão os trabalhadores da educação, moradores de rua e motoristas de ônibus. Em alguns casos, a prefeitura já tem uma estimativa do número de doses necessárias para concluir a vacinação do grupo. Em outros, não há informações disponíveis. 

Confira a vacinação por ordem de prioridade:  

1. Pessoas com deficiência permanente (18 a 59 anos) sem acesso a BPC (Benefício de Prestação Continuada): 1.194 pessoas
2. Pessoas em situação de rua: 9.117 pessoas
3. Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade e População Privada de Liberdade: 3.271 pessoas
4. Trabalhadores da educação: 53 mil
5. Trabalhadores do transporte coletivo rodoviário: 7.900
6. Trabalhadores do transporte metroviário e ferroviário: sem estimativa
7. Trabalhadores do transporte aéreo: sem estimativa
8. Trabalhadores do transporte aquaviário: sem estimativa
9. Caminhoneiros: 6.508 pessoas
10. Trabalhadores portuários: sem estimativa
11. Trabalhadores da indústria: sem estimativa
12. Trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos: sem estimativa
13. Agentes de trânsito: sem estimativa
14. Agentes de fiscalização: sem estimativa
15. Trabalhadores da assistência social, segurança alimentar e cidadania: sem estimativa
16. Agentes da vistoria urbana: sem estimativa

Cadastramento

Algumas categorias profissionais já começaram a se cadastrar junto ao site de prefeitura. O objetivo é agilizar o processo de vacinação, como ocorreu no caso de pessoas com comorbidade e idosos acamados, por exemplo. 

Trabalhadores da limpeza urbana estão com cadastramento em curso e, no caso dos professores e outros trabalhadores em educação, a prefeitura solicitou que cada instituição de ensino faça a contagem dos números de profissionais. 

Confira como está a vacinação em todo o país:

Últimas