Minas Gerais Polícia prende três suspeitos de abuso sexual de menores em BH

Polícia prende três suspeitos de abuso sexual de menores em BH

Vítimas teriam entre três e 13 anos de idade; ação faz parte da Operação Exposed, que investiga casos  a partir de denúncias em uma rede social

Presos são suspeitos de abuso sexual contra menores

Presos são suspeitos de abuso sexual contra menores

Divulgação / PCMG

A PCMG (Polícia Civil de Minas Gerais) prendeu, na manhã desta quinta-feira (24), três suspeitos de abusar sexualmente de menores de idade. A ação faz parte da Operação Exposed, que teve início após denúncias realizadas pelas redes sociais.

De acordo com a delegada Iara França, as vítimas seriam um menino de três anos e duas meninas de 12 e 13 anos de idade. Os suspeitos, com idade entre 19 e 53 anos, foram presos nos bairros Tupi, Paulo VI e Vila Mariquinha, em Belo Horizonte.

O primeiro caso apurado foi o caso de abuso de uma adolescente de 12 anos. O suspeito alega que a relação foi consensual, mas isso é contestado pela jovem. De acordo com o delegado Diego Lopes, essa discussão não tem relevância nem respaldo nas leis.

— Como ela tem apenas 12 anos, isso é insignificante, pois a lei determina que os indivíduos só podem consentir uma prática social a partir dos 14 anos.

O abuso teria sido filmado e divulgado pelas redes sociais, causando problemas sociais para a jovem. Segundo o investigador Diego Lopes, o suspeito, que já tinha passagens por tráfico de drogas será investigado por estupro de vulnerável, produção de pornografia infanto-juvenil e compartilhamento.

Outros casos

O segundo caso é o do homem de 53 anos suspeito de ter estuprado um menino de três anos. O suspeito, que mora na região Norte de Belo Horizonte, teria encontrado a criança andando na rua e a levou para uma espécie de porão, onde teria praticado o estupro.

Veja: Nas redes, mulheres de BH aderem a movimento e expõem abusos

Momentos depois, a mãe encontrou a criança na rua de casa com um sangramento no corpo. De acordo com o delegado Diego Lopes, a criança teve que passar por uma cirurgia. O caso aconteceu em 2018.

Já o terceiro crime investigado teria sido praticado por um homem de 39 anos que teria estuprado a própria filha, de 13 anos. O abuso, segundo denúncias, aconteceu no início deste ano, mas a denúncia foi feita na semana passada.

#Exposed

As prisões desta quinta (24) são desdobramentos da Operação #Exposed, que teve início após denúncias realizadas no mês de maio nas redes sociais. Na primeira fase da operação, cinco suspeitos foram presos, incluindo quatro mc’s. Um sexto suspeito continua foragido.

Os investigadores reafirmaram a importância de se realizar a denúncia, seja pela internet ou de forma oficial, através das Polícias Militar ou Civil.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel.

Últimas