Minas Gerais Prefeitura de BH conclui parte das obras contra enchentes no Barreiro

Prefeitura de BH conclui parte das obras contra enchentes no Barreiro

Intervenção no córrego Bonsucesso custou cerca de R$ 8 milhões; obras na avenida Vilarinho devem começar nos próximos meses

Obra deve reduzir riscos de inundação na região

Obra deve reduzir riscos de inundação na região

Divulgação / PBH

A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou, nesta terça-feira (26), a conclusão da primeira de três obras para a prevenção de enchentes na região do Barreiro.

De acordo com a Sudecap (Superintendência de Desenvolvimento da Capital), a intervenção realizada na rua Marselhesa estabilizou as margens do córrego Bonsucesso, que passa pelo local. O sistema utilizado pela prefeitura deve gerar redução na velocidade das águas e no índice de poluição do afluente, com a melhora no serviço de retenção de resíduos sólidos.

Outras duas obras são realizadas simultaneamente nas áreas próximas ao córrego Bonsucesso. A primeira é a implantação do sistema de esgoto, canalização de um córrego paralelo e a construção de uma galeria nas proximidades das ruas 7, Bechelany e Cristiano Rezende.

Veja: Canalização de córrego explica alagamentos em área nobre de BH

A segunda obra, um pouco mais complexa, prevê a estabilização das margens, o controle de sedimentos no curso d’água e a proteção da calha e dos taludes do córrego. A conclusão desse trecho, prevista para o primeiro semestre deste ano, deve contribuir para a redução do risco de inundações e na integração do sistema de esgoto da região, diminuindo também a poluição no afluente.

Só no trecho da rua Marselhesa, foram investidos quase R$ 8 milhões, recurso que foi captado pela PBH junto ao Governo Federal. De acordo com o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho, as obras precisam levar em conta toda a geografia da região para que, assim, tenham mais eficácia.

— Para a prevenção de enchentes, é necessário sempre considerar a bacia hidrográfica do córrego, e não apenas uma área pontual.

Investimentos

A Prefeitura de BH vai abrir, no dia 12 de fevereiro, as propostas de empreiteiras para as obras de prevenção à enchentes na Avenida Vilarinho, na região Norte de Belo Horizonte. O prazo para o julgamento dessas propostas terminou na segunda-feira (25).

O edital, divulgado em dezembro do ano passado, prevê R$ 152 mi para a construção de reservatórios capazes de armazenar 115 milhões de litros de água dos córregos Vilarinho, Nado e ribeirão Isidoro. O prazo para conclusão da obra é de três anos.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel

Últimas