Minas Gerais Sobreviventes de queda de ônibus são transferidos para albergue

Sobreviventes de queda de ônibus são transferidos para albergue

Pacientes que tiverem alta vão ser abrigados no albergue de João Monlevade (MG), cidade onde ocorreu a tragédia; seis pessoas já estão no local

Solange sobreviveu ao acidente e está no albergue municipal

Solange sobreviveu ao acidente e está no albergue municipal

Reprodução / Record TV Minas

Os sobreviventes da queda do ônibus de um viaduto na BR-381 estão sendo levados para um albergue municipal em João Monlevade, a 155 km de Belo Horizonte.

A assistente social Cássia Rocha confirmou que, até o momento, seis pessoas já foram transferidas para o local, que é preparado justamente para receber pessoas em situações difíceis.

— O local está todo equipado e preparado para receber essas pessoas com calma e tranquilidade.

Dezesseis pessoas permanecem hospitalizadas após o acidente. Treze delas estão no Hospital Margarida e outras três foram transferidas para Belo Horizonte, incluindo uma criança de 10 anos que está em estao grave.

Veja: Cuidadora teria sido 1ª a pular de ônibus que caiu de viaduto em MG

O número de pessoas pode aumentar à medida que outras pessoas forem sendo liberadas do Hospital Margarida, que concentra a maior parte das vítimas do acidente. O albergue fica próximo à BR-381 e costuma receber, em média, 15 pessoas diariamente.

Tragédia na BR-381

Ao menos 18 pessoas morreram na queda do ônibus de um viaduto na BR-381, em João Monlevade, a 155 km de Belo Horizonte. O ônibus teria perdido o freio e voltado de ré, arrancando a mureta de proteção e caindo de uma altura de 60 metros, segundo a última estimativa da Polícia Civil.

Veja: Motorista de ônibus que caiu de viaduto fugiu antes do acidente

O veículo, que ia de Alagoas até São Paulo, não tinha autorização da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para transportar passageiros.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas