Suzuki Global apresenta novo Burgman 400

Fabricante japonês revelou nova geração do modelo que deu origem ao segmento maxiscooter. No Brasil desde 2000, foi comercializada até meados de 2019. J.Toledo, representante da Suzuki, não confirmou  comercialização

Pela ficha técnica é certeza que modelo se tornou muito mais ágil

Pela ficha técnica é certeza que modelo se tornou muito mais ágil

Foto: Divulgação: Suzuki Brasil

Lançada em 1998, a Suzuki Burgman 400 foi pioneira em novo mercado denominado maxiscooter ou scooter de alta cilindrada. 

Desde então, foram comercializados no mundo, do seu lançamento até dezembro de 2020, um total de 760 mil unidades dado sua polivalência no quesito mobilidade urbana: conforto, espaço para armazenamento, design elegante somado a potência e economia de combustível. 

Lançado mundialmente em 1998 se tornou sucesso e desembarcou no Brasil em 2000 repetindo o sucesso europeu

Lançado mundialmente em 1998 se tornou sucesso e desembarcou no Brasil em 2000 repetindo o sucesso europeu

Foto: Divulgação Suzuki Brasil

Sofreu atualizações em 2006 e 2018 melhorando seu desempenho e para se adequar aos padrões de emissões de poluentes EURO 4.

Saiu de linha silenciosamente na Europa e no Brasil onde esteve dos anos 2000 a 2019.

Suzuki Burgman 400 conta com 42 litros de capacidade de armazenamento embaixo do banco

Suzuki Burgman 400 conta com 42 litros de capacidade de armazenamento embaixo do banco

Foto: Divulgação Suzuki Brasil

E com a mesma discrição em relação a uma eventual renovação da Burgman 400, a casa de Hamamatsu sabia que não podia perder a oportunidade de atualizar o modelo sucesso em todo mundo, realizando apresentação no último dia de março de 2021, click aqui

Painel sofreu melhorias e continua sendo referência no segmento

Painel sofreu melhorias e continua sendo referência no segmento

Foto: Divulgação Suzuki Brasil

Agora cumprindo os novos padrões EURO 5, a nova Suzuki Burgman 400 mantém sua imagem relativamente inalterada. Alguns retoques conferem-lhe um design mais esportivo e ao mesmo tempo mais leve, mantendo como destaque os dois faróis dianteiros que dominam por completo a frente do modelo.

Modelo será equipado de série até com aquecimento de manoplas

Modelo será equipado de série até com aquecimento de manoplas

Foto: Divulgação Suzuki Brasil

A Burgman 400 2021 agora está equipada com sistema Suzuki Easy Start que permite colocar o motor em funcionamento de forma mais fácil através de um único toque no botão de ignição, também é introduzida a tecnologia Suzuki Dual Spark que adiciona uma segunda vela de ignição para uma combustão mais eficiente e “limpa”, e os engenheiros da marca japonesa modificaram ainda a cabeça do cilindro, árvores de cames, pistão e injetores, garantindo assim uma entrega de potência e torque desde os baixos e médios regimes de rotação.

Controle de tração também passa equipar de série e pode ser desabilitado no punho direito

Controle de tração também passa equipar de série e pode ser desabilitado no punho direito

Foto: Divulgação Suzuki Brasil

Com isso, a Suzuki anuncia uma potência de 28,8 cv a 6.300 RPM e torque de 3,59 Kgfm (35,2 Nm) a 4.900 rpmRPM, ainda, segundo informações, sua velocidade máxima é de 135 Km/h e o consumo médio de 25 km/l, que com um tanque com capacidade de 13,5 litros confere uma autonomia igual ou superior a 300 km.

Toda iluminação passa a ser Full Led, os freios serão dotados de ABS de série, sistema que não chegou a equipar o modelo no Brasil.

No Brasil além de alternativa de mobilidade urbana, certamente fará sucesso

No Brasil além de alternativa de mobilidade urbana, certamente fará sucesso

Foto: Divulgação Suzuki Brasil

Na Europa está confirmado sua comercialização para o segundo semestre de 2021, no Brasil a J. Toledo que desde 1992 detém os direitos de montagem e comercialização da marca, não confirmou se desembarga por aqui, todavia, dado a informação ter chegado pela própria assessoria de imprensa, é bem possível que o modelo volte a ser comercializado mesmo com a desvalorização do Real e Dólar estratosférico, até porque há uma verdadeira legião de fãs do modelo que faria frente a SYM Maxsym 400 comercializado pela Dafra Motos, modelo que reina sozinho na faixa de 400 cilindradas. 

Últimas