O que é que eu faço Sophia Amazon é a marca mais valiosa do mundo, e Itaú, a mais valiosa da América Latina, diz consultoria

Amazon é a marca mais valiosa do mundo, e Itaú, a mais valiosa da América Latina, diz consultoria

Bradesco e Banco do Brasil também figuram entre as marcas mais valiosas do mundo, segundo relatório da Brand Finance

Itaú é a empresa latino-americana mais valiosa do ranking

Itaú é a empresa latino-americana mais valiosa do ranking

Itaci Batista/Estadão Conteúdo - 23.04.2014

Três bancos brasileiros — Itaú, Bradesco e Banco do Brasil — estão entre as 500 marcas mais valiosas do mundo, segundo o ranking Global 500 2023, divulgado nesta quarta-feira (18) pela consultoria Brand Finance. 

A americana Amazon é atualmente a marca mais valiosa do mundo, mesmo depois de seu valor de marca cair 15% neste ano, passando de US$ 350,3 bilhões para US$ 299,3 bilhões, apontou a consultoria.

A Apple ocupa a segunda posição do ranking, e o Google, a terceira. Entre as marcas que mais cresceram no mundo estão a Tesla e a BYD, graças ao aumento da demanda por veículos elétricos.

As marcas mais valiosas são:

As dez marcas mais valiosas do mundo segundo ranking Global 500 2023

As dez marcas mais valiosas do mundo segundo ranking Global 500 2023

Reprodução/Global 500 2023/Brand Finance

Itaú é a marca mais valiosa da América Latina

O banco brasileiro Itaú desbancou a mexicana Corona e abocanhou o primeiro lugar de marca mais valiosa da América Latina. O banco ocupa a 242ª posição no ranking em 2023. Em 2022, estava na 335ª posição.

Segundo o relatório da Brand Finance, a solidez das receitas e projeções contribuíram para o crescimento do valor da marca do Itaú (valor da marca em alta de 32%). O segundo indicador mais importante, a força da marca (84 em 100, alta de 5 pontos), também cresceu graças à melhora na percepção dos clientes sobre a disponibilidade de agências e atendimento ao cliente.

Bradesco e Banco do Brasil

O banco Bradesco, que ocupa a 465ª posição, teve aumento de 33% no seu valor de marca, ao mesmo tempo em que viu aumentar o valor do negócio. Segundo a consultoria, o gigante bancário brasileiro, que já consolidou a compra do HSBC Brasil, agora está de olho no mercado de criptomoedas e procura uma maneira de lançar a própria bolsa. 

O Banco do Brasil (481ª posição) é a terceira marca brasileira que consta no ranking Global 500 2023. Segundo a consultoria, a alta de 34% do valor de marca do Banco do Brasil deveu-se principalmente às previsões de receita. Em outubro de 2022, o banco elevou sua perspectiva de ganhos para o ano inteiro devido a lucros trimestrais acima do esperado, ajudados por receitas de juros mais altas de uma carteira de empréstimos maior.

Tanto o Bradesco quanto o Banco do Brasil não apareciam no ranking em 2022.

Entre as 500 marcas mais valiosas de 2023, apenas cinco empresas latino-americanas marcam posição: além dos três bancos brasileiros, só as mexicanas Corona (303ª posição) e Claro (423ª posição) aparecem no ranking.

Acesse o relatório completo Brand Finance Global 500 2023

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas