O que é que eu faço Sophia Fraude no Caixa Tem: o que fazer se não puder comparecer à agência?

Fraude no Caixa Tem: o que fazer se não puder comparecer à agência?

Suspeitas de fraude e inconsistências cadastrais levaram à Caixa Econômica Federal a bloquear milhares de contas digitais do Caixa Tem

Desbloqueio das contas requer presença do correntista

Desbloqueio das contas requer presença do correntista

Orlando Antunes/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 29.07.2020

Suspeitas de fraude e inconsistências cadastrais levaram à Caixa Ecônomica Federal a bloquear milhares de contas digitais do Caixa Tem. Para desbloquear essas contas com suspeitas de fraude, a Caixa obriga os correntistas a comparecerem pessoalmente a uma agência do banco.

Mas e se a pessoa não tem condições de ir até essa agência por problemas de saúde?

Essa é a dúvida que alguns leitores enviaram para a coluna:

Sophia, se a pessoa não consegue ir até a agência por estar impossibilitada por motivo de saúde para resolver o bloqueio, o que ela deve fazer?

Em resposta à pergunta dos leitores, a Caixa Econômica Federal esclarece que em casos de problemas de saúde, a Poupança Social Digital pode ser desbloqueada e movimentada tanto por procuração quanto por alvará judicial (ordem expedida por um juiz).

A documentação deverá conter a orientação específica para sua movimentação e desbloqueio.

A validade da procuração é de seis meses, tanto por instrumento público, como por instrumento particular. Caso a procuração seja por instrumento particular, deverá ter a firma do outorgante reconhecida em cartório.

O que é uma procuração?

Procuração é o documento pelo qual uma pessoa nomeia alguém de sua confiança para agir em seu nome e até mesmo assinar documentos, em determinada situação em que não possa estar presente.

Quais os tipos de procuração?

Procuração por instrumento público

É aquela elaborada e registrada em cartório, dotada de fé pública, expedida para qualquer cidadão e obrigatória para quando uma das partes (outorgante ou outorgado) for analfabeta ou impossibilitada de assinar.

Procuração por instrumento particular

Procuração particular é elaborada pela própria pessoa que vai assinar e outorgar poderes ao seu procurador. O tabelião reconhece a firma do outorgante, com a finalidade de dar segurança para aquela pessoa que exige a procuração. Essa procuração é utilizada para a prática de atos nos quais a lei não exige escritura pública.

Fontes: Caixa Econômica Federal, INSS, Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

__________________________

Tem alguma dúvida sobre economia, dinheiro, direitos e tudo mais que mexe com o seu bolso? Envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?” pelo e-mail sophiacamargo@r7.com.

Últimas