Minha Aposentadoria

O que é que eu faço Sophia IR 2022: saiba tirar o extrato para declarar aposentadoria ou pensão

IR 2022: saiba tirar o extrato para declarar aposentadoria ou pensão

Aposentado ou pensionista que vai declarar ou constar como dependente no IR de outra pessoa pode acessar o extrato pela internet

Há dois caminhos possíveis para acessar o extrato de rendimentos

Há dois caminhos possíveis para acessar o extrato de rendimentos

Marcello Casal Jr/Agência Brasil
     

O aposentado ou pensionista do INSS que vai declarar o Imposto de Renda 2022 ou constar como dependente na declaração de outro contribuinte pode acessar o extrato com o informe de rendimentos pela internet.

Há dois caminhos. Diretamente da página da Previdência Social ou pelo portal “Meu Inss”, por meio de login e senha. Veja como:

1) Diretamente da página da Previdência Social

REPRODUÇÃO/INSS

Para acessar este extrato, é preciso ter em mãos os seguintes dados:
— Nome do beneficiário
— CPF
— Data de nascimento
— Número do benefício
Por esse link, é possível também emitir o extrato de anos anteriores, até 2013.

2) Pelo portal “Meu Inss”

Para acessar esse portal é preciso se cadastrar antes, criando um login e senha. Para fazer o cadastro é preciso informar:
— Nome completo
— CPF
— Data e local de nascimento
— Nome da mãe

Com essas informações, é gerado um código de acesso provisório. Depois, o segurado deve fazer login, com a senha provisória e só depois deve criar a própria senha.

Este caminho dá um pouco mais de trabalho, mas, ao criar o login para o acesso ao “Meu INSS”, o segurado passa a ter acesso a uma série de informações, fazer agendamento e acompanhar dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

É importante declarar corretamente o valor dos benefícios recebidos, pois a omissão de rendimentos é uma das principais causas que levam a declaração a ficar presa na malha.

Os rendimentos de aposentadoria ou pensão são tributáveis, exceto a parcela isenta de R$ 24.751,74 para os beneficiários que tenham mais de 65 anos ou, na sua totalidade, para os portadores de moléstia grave.

________________________

Se ainda tiver mais dúvidas sobre economia, dinheiro, direitos e tudo mais que mexe com o seu bolso, envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?” pelo e-mail sophiacamargo@r7.com

A imagem foi removida

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas