O que é que eu faço Sophia Taxa de juro cai ao menor nível em três anos, diz Anefac

Taxa de juro cai ao menor nível em três anos, diz Anefac

Juro médio é o menor desde setembro de 2015; juro do cartão de crédito recua ao nível de junho de 2015

Taxa de juro cai ao menor nível em três anos, diz Anefac

Taxas caíram pela 14º vez seguida

Taxas caíram pela 14º vez seguida

Getty Images

As taxas de juros das operações de crédito voltaram a cair em janeiro de 2018 pela 14ª vez seguida e chegaram ao nível de setembro de 2015, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade.

Para Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor-executivo da entidade, a queda é resultado da redução da taxa Selic, a taxa básica de juros da economia e  a melhora no cenário econômico para 2018.

“O desemprego deve diminuir e isso faz com que o risco de emprestar seja menor, já que o desemprego aumenta a inadimplência”, diz.

Das seis linhas de crédito pesquisadas (cartão de crédito, cheque especial, empréstimo pessoal com bancos e financeiras, juros do comércio e  CDC (Crédito Direto ao Consumidor), todas reduziram as taxas de juros no mês.

A taxa de juros média geral para pessoa física foi de 7,33% ao mês (133,70% ao ano) em dezembro/2017 para 7,29% ao mês (132,65% ao ano) em janeiro/2018 e é a menor taxa de juros desde setembro/2015.

As taxas de juros para pessoa jurídica também caíram, e estão 4,14% ao mês em janeiro/2018, ante 4,14% ao mês em dezembro/17.

Os juros cobrados no rotativo do cartão de crédito passaram de 12,74% ao mês (321,63% ao ano) em dezembro/2017 para 12,70% ao mês (319,84% ao ano) em janeiro/2018. É a menor taxa desde junho/2015.

No cheque especial, as taxas foram de 12,14% ao mês (295,48% ao ano) em dezembro/2017 para 12,12% ao mês (294,64% ao ano) em janeiro/2018, na menor taxa desde julho/2016.

Juros caíram nas lojas, bancos e financeiras

Os empréstimos pessoais também tiveram redução nos juros. As taxas cobradas pelos bancos reduziram de 4,13% ao mês (62,52% ao ano) em dezembro/2017 para 4,10% ao mês (61,96% ao ano) em janeiro/2018. As taxas cobradas pelas financeiras foram de 7,49% ao mês (137,91% ao ano) em dezembro/2017 para 7,44% ao mês (136,59% ao ano) em janeiro/2018.

Os juros cobrados nas lojas caíram de 5,45% ao mês (89,04% ao ano) em dezembro/2017 para 5,40% ao mês (87,97% ao ano) em janeiro/2018. O financiamento de automóveis pelos bancos na modalidade de CDC (Crédito Direto ao Consumidor) estão abaixo dos 2% ao mês: foram de 2,01% ao mês (26,97% ao ano) em dezembro/2017 para 1,99% ao mês (26,68% ao ano) em janeiro/2018.

Tem alguma dúvida sobre economia, dinheiro, direitos e tudo mais que mexe com o seu bolso? Envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?” pelo e-mail sophiacamargo@r7.com. Curta também no Facebook