Rio de Janeiro Em atenção, Rio tem previsão de mais chuva nas próximas horas 

Em atenção, Rio tem previsão de mais chuva nas próximas horas 

Secretário municipal da Casa Civil, Paulo Messina, explicou que combinação de chuva forte e maré alta ocasionou a situação "atípica" nesta manhã

  • Rio de Janeiro | Bruna Oliveira, do R7

O COR (Centro de Operações Rio) emitiu, nesta segunda-feira (26), um alerta com previsão de chuva de intensidade de moderada a forte para o Rio de Janeiro nas próximas horas. O município permanece em estágio de atenção após um forte temporal causar estragos durante a madrugada.

FOTOS: Morador faz stand up paddle durante chuva no RJ

De acordo com o Sistema Alerta Rio, além do núcleo de chuva estacionado próximo ao Maciço da Tijuca, na região entre a Barrinha e a zona sul, outros estão se formando também na baía de Guanabara, próxima a Ilha do Governador, e também sobre a região do centro.

O temporal provocou transtornos na capital fluminense e também na região metropolitana do Rio. Um ônibus foi atingido por um deslizamento de terra em Jurujuba, Niterói. Ninguém ficou ferido. Na mesma região, um morador foi flagrado fazendo stand up paddle em uma rua alagada.

De acordo com a Defesa Civil, ao menos dez sirenes foram acionadas durante o temporal no final da noite de ontem e início desta manhã. Os alertas foram feitos aos moradores das zona sul e oeste.

Em entrevista à RecordTV Rio, o secretário municipal da Casa Civil, Paulo Messina, explicou que a combinação de chuva forte e maré alta ocasionou a situação "atípica".

"O que aconteceu no Rio de janeiro foi uma situação atípica. Depois das chuvas que atingiram [a cidade] até 23h40, a gente tinha resolvido tudo até no máximo 3h da manhã. Às 5h, uma nova chuva começou, muito forte, localizada na região da zona sul, na Lagoa, Jardim Botânico, Botafogo e Catete. Uma chuva muito forte, muito intensa, que combinou com a maré alta. A gente teve a lagoa, que já estava cheia, com dificuldade de extravasar. O mar também com dificuldade de dar vasão. Ao mesmo tempo chegamos a ter 25 bolsões d'água no Rio de Janeiro neste período", explicou o secretário.

Assista ao vídeo:

Últimas