Rio de Janeiro Homem que fez gesto obsceno para praticantes de ioga depõe no Rio

Homem que fez gesto obsceno para praticantes de ioga depõe no Rio

Advogada Mariana Maduro e outras mulheres foram gravadas durante a atividade na Lagoa, na zona sul, e expostas em um vídeo na internet 

  • Rio de Janeiro | Isabela Afonso, do R7*

Ambulante fez gestos obscenos em vídeo

Ambulante fez gestos obscenos em vídeo

Reprodução/Record TV Rio

O ambulante que fez gestos obscenos se referindo a um grupo de mulheres que praticava ioga na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio, presta depoimento na 12ªDP (Copacabana) na tarde desta quinta-feira (6).

Leia mais: Homens são investigados por filmar amigas praticando ioga no Rio

O caso ocorreu no último sábado (1º) e se tornou público após a advogada Mariana Maduro, que aparece nas imagens, registrar queixa na delegacia. 

Leia mais: “Paz virou tormenta”, diz advogada após ser exposta durante ioga no RJ

O  suspeito de gravar o vídeo também já foi ouvido pela polícia. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Valéria Aragão, Ricardo Roriz disse estar arrependido e que apagou a publicação. 

Nas redes sociais, ele se desculpou pela atitude e solidarizou com quem se sentiu "ofendido ou depreciado".  

A Polícia Civil informou que os dois homens serão indiciados, inicialmente, por injúria, ato obsceno e perturbação da tranquilidade.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas