Rio de Janeiro MC Kevin caiu de 15 m de altura e tentou se segurar, indica laudo

MC Kevin caiu de 15 m de altura e tentou se segurar, indica laudo

Diretor-geral da Polícia Civil, Antenor Lopes, afirmou que a expectativa é de que o caso seja arquivado nos próximos dias

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV

Após a divulgação do laudo pericial da morte de MC Kevin, a Polícia Civil do Rio está cada vez mais convencida de que a queda do funkeiro do 5º andar de um hotel da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, no domingo (16), ocorreu em decorrência de um acidente. A tendência é a de que o inquérito seja arquivado nos próximos dias, segundo o diretor-geral Antenor Lopes. 

MC Kevin morreu após cair do 5º andar de um hotel

MC Kevin morreu após cair do 5º andar de um hotel

Reprodução/RecordTV

Antenor Lopes destacou que o laudo pericial, os depoimentos de testemunhas e as imagens de câmeras de segurança recolhidas, inclusive as do quiosque que mostram o artista cambaleando entre os amigos, pouco antes da tragédia, levam a polícia a concluir que o acidente ocorreu por imprudência associada ao excesso de utilização de drogas e bebidas alcóolicas. 

"Nós consideramos que por todo conjunto probatório produzido por esse inquérito policial estamos encaminhando para uma expectativa de que nos próximos dias o dr. Henrique Damasceno [delegado da 16ª DP] apresente seu relatório final encaminhado para arquivamento por morte acidental por culpa exclusiva da vítima", explicou. 

Laudo pericial

undefined

MC Kevin caiu em pé de uma altura de aproximadamente 15 metros. No entanto, antes de atingir o solo, o artista bateu na laje da cobertura do bar, onde tentou se segurar com a mão esquerda, e, depois, no guarda corpo da piscina, provocando diversas lesões na vítima.

O relatório indicou também para uma trajetória oblíqua durante a queda, o que explicaria o impulso que MC Kevin deu com o corpo, relatado por testemunhas. 

A perícia no quarto 502, onde ocorreu o acidente, apontou que o local estava em completo desalinho, com as camas fora do local de arrumação e peças íntimas espalhadas pelo chão. Os peritos encontraram ainda garrafas de gin, champagne e energético no quarto. No entanto, sem indícios de brigas ou ações violentas. 

Últimas