Rio de Janeiro Operação na Maré tem sete mortos e 26 presos; PM apreende mais de 1 tonelada de maconha

Operação na Maré tem sete mortos e 26 presos; PM apreende mais de 1 tonelada de maconha

Confrontos levaram ao fechamento de vias expressas e de instituições de ensino na região nesta segunda (26)

Mais de 1 tonelada de maconha foi apreendida na Maré durante operação policial

Mais de 1 tonelada de maconha foi apreendida na Maré durante operação policial

Divulgação / PM

Subiu para sete o número de mortes na operação policial no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (26), que provocou tiroteios e levou ao fechamento de instituições de ensino na região e das principais vias expressas que cortam a cidade.

À Record TV Rio, o Hospital Federal de Bonsucesso confirmou que sete homens já chegaram sem vida à unidade. Outros cinco feridos em decorrência dos confrontos estão internados, dois receberam alta e um paciente foi transferido. 

A ação conjunta das polícias Civil e Militar prendeu 26 suspeitos e apreendeu sete fuzis, oito pistolas, réplica de arma, granada e mais de 1 tonelada de maconha. Além disso, 20 veículos foram recuperados.

Por volta das 16h, duas pessoas que tentavam fechar a avenida Brasil, segundo a PM, foram detidas e levadas à 21ª DP (Bonsucesso).

A operação na comunidade terminou por volta das 18h, mas o policiamento segue reforçado nas linhas Vermelha e Amarela e na avenida Brasil.

Motoristas deixaram veículos para se proteger

Motoristas deixaram veículos para se proteger

Reprodução/Record TV Rio

Mais cedo, a Record TV Rio flagrou o momento em que motoristas deixaram os veículos para se proteger atrás das muretas na linha Vermelha.

Cerca de 120 agentes do Bope (Batalhão de Operações Especiais) e da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) atuaram na Vila do João e na Vila dos Pinheiros. Incursões também foram relatadas nas comunidades da Serrinha, em Madureira, e do Dendê, na Ilha do Governador.

O porta-voz da PM, o tenente-coronel Ivan Blaz, disse em entrevista ao Cidade Alerta RJ que a ação foi planejada. Segundo Blaz, os setores de inteligência das polícias receberam informações sobre quadrilhas que praticavam roubos de veículos e cargas, além da movimentação de criminosos na área.

Últimas