Rio de Janeiro Polícia do RJ prende dentista por venda ilegal de medicamentos

Polícia do RJ prende dentista por venda ilegal de medicamentos

Segundo a polícia, quadrilha usava receitas com o carimbo e assinatura da mulher para comprar produtos e revender na internet

Polícia do Rio prende dentista por venda ilegal de medicamentos

Suspeitos faturavam até R$ 150 mil por mês com esquema

Suspeitos faturavam até R$ 150 mil por mês com esquema

Record TV Rio

Foi presa, nesta sexta-feira (30), uma dentista suspeita de integrar uma quadrilha que comercializava de forma ilegal medicamentos na internet. A mulher foi encontrada no município de Registro, em São Paulo, numa ação da Policia Civil do Rio de Janeiro.

Saiba como será rotina de Pezão em unidade prisional da PM

As investigações são um desdobramento da operação Eros que prendeu, no último dia (8), a irmã da suspeita e mais duas pessoas. O grupo atuava no Rio, em São Paulo e no Paraná. Eles faturavam até R$ 150 mil por mês com o esquema.

Entre os produtos estão medicamentos utilizados contra impotência sexual, aborto e anabolizantes.

Segundo o delegado Luiz Henrique Marques, da 78ª DP (Delegacia do Fonseca), a quadrilha usava receitas com o carimbo e assinatura da dentista para comprar aos medicamentos.

“Por ser dentista, ela tinha acesso a receituários médicos de controle especial. E utilizava esses receituários para a compra de parte desses medicamentos vendidos no site, especialmente, aqueles que não são encontrados facilmente no mercado negro. O grupo utilizava esse receituário para ir a qualquer farmácia, comprar e revender, por um preço quatro vezes maior, por meio de um site”.

Os suspeitos vão responder por crimes contra saúde pública, lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.

Assista ao vídeo:

    Access log