Rio de Janeiro Policial militar que abusou de produtora musical é preso no Rio

Policial militar que abusou de produtora musical é preso no Rio

Polícia Militar informou que abriu um inquérito para apurar o caso e que irá punir com o máximo rigor o militar, caso o crime seja comprovado

PM foi preso administrativamente

PM foi preso administrativamente

Reprodução/Record TV Rio

O PM que foi acusado de abusar da produtora musical Suellen Mesquita, em Copacabana, zona sul do Rio, foi preso administrativamente pela Coorporação, nesta segunda-feira (31).

Sargento do Exército é assassinada em assalto na Baixada Fluminense

A Polícia Militar informou que abriu um inquérito para apurar o caso e que foi solicitada à AJMERJ (Auditoria da Justiça Militar do Estado) a prisão preventiva do militar.

O abuso teria acontecido dentro da casa da vítima. Segundo ela, o agente foi chamado para resolver um desentendimento que ocorreu no apartamento vizinho. Ele teria usado essa desculpa para invadir a residência de Suellen e realizar o abuso.

Após o ocorrido, Suellen fez o exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal), que confirmou as agressões. Ela registrou um boletim de ocorrência contra o policial.

“Eu espero que ele pague a dívida dele com a Justiça e espero, mais que isso, poder continuar minha vida, poder sair na rua em paz”, afirmou Suellen.

Wilson Witzel recorre ao STF contra afastamento do cargo

A assessoria da PMER ressaltou que pune com o máximo rigor desvios de conduta cometidos por militares da Instituição após a comprovação dos fatos.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas