Rio de Janeiro Rio tem quedas de árvore e sirenes acionadas devido a temporal

Rio tem quedas de árvore e sirenes acionadas devido a temporal

Sinais sonoros tocaram em 17 comunidades, sendo Rocinha, na zona sul, e Morro da Formiga, na zona norte, com maior número de registros

  • Rio de Janeiro | Mariene Lino, do R7*

A forte chuva que atinge o Rio de Janeiro desde a madrugada desta terça-feira (22) provocou estragos em diversos pontos da cidade. Houve registros de queda de árvores, alagamentos e acionamento de sirenes para alertar moradores de comunidades sobre o risco de deslizamentos.

Rio registra acumulados de chuva esperados para todo o mês

Segundo o COR (Centro de Operações da Prefeitura do Rio), os sinais sonoros tocaram em 17 comunidades, sendo Rocinha, na zona sul, e Morro da Formiga, na zona norte, com maior número de registros.

Árvore caiu sobre táxi no centro do Rio

Árvore caiu sobre táxi no centro do Rio

Reprodução

Ao menos onze quedas de árvore foram   entre a noite da última segunda (21) e a madrugada desta terça (22). Uma delas foi na avenida Mem de Sá, esquina com rua dos Inválidos, no centro da cidade. A árvore caiu em cima de um táxi que passava pela via, que estava interditada totalmente até as 16h30. O Corpo de Bombeiros informou que não houve vítimas.

Ao menos 35 bolsões d'água se formaram em diferentes pontos das zonas oeste e sul. Onze deles já foram desfeitos, segundo o COR.

Um deslizamento de terra foi registrado na estrada da Gávea Pequena. A via está com bloqueio total.

Rio entra em estágio de atenção após madrugada com chuvas fortes

A previsão é de que o volume de chuva diminua a partir da noite desta terça (22), mas a Marinha prorrogou o aviso de ressaca para o litoral da cidade. Ondas de até 3 metros de altura podem ser registradas até as 21h da próxima quarta-feira (23).

* Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas