Rio de Janeiro Soldado do Exército morre durante exercício em quartel do Rio

Soldado do Exército morre durante exercício em quartel do Rio

Militar passou mal durante atividade conhecida como "pista de progressão diurna"; um IPM foi instaurado para apurar as razões da morte

Intervenção Militar no Rio já dura oito meses

Intervenção Militar no Rio já dura oito meses

Severino Silva/Agência O Dia/16.07.2018

O soldado Matheus da Conceição Santos Moraes, do 2º RCG (2º Regimento de Cavalaria de Guarda) do Exército, morreu depois de passar mal durante um exercício no quartel, localizado na Vila Militar, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

Segundo o CML (Comando Militar do Leste), unidade regional do Exército, ele passou mal durante a realização de um exercício chamado de "pista de progressão diurna".

Leia também: Rio já tem o maior nº de militares do Exército mortos em intervenções

Ainda de acordo com o CML, o militar "foi prontamente atendido pela equipe médica que acompanhava o exercício". Depois da avaliação, Matheus foi encaminhado para o Hospital Central do Exército. O Exército informou ainda que ele ficou internado por dois dias, em tratamento intensivo, antes de morrer.

Na nota divulgada pelo CML, o exercício de pista de progressão diurna é uma atividade que compõe a fase de instrução individual básica e é "planejada conforme todas as normas de segurança previstas". Um IPM (Inquérito Policial Militar) foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte.

Veja: estudo revela que índices de violência estão em queda no Rio

Últimas