São Paulo Após 20 dias de morte de motorista, polícia identifica 3 e apreende jovem

Após 20 dias de morte de motorista, polícia identifica 3 e apreende jovem

Adolescente de 15 anos foi apreendida no final de outubro suspeita de participação na morte do motorista de aplicativo na zona norte de SP

Motorista de aplicativo foi morto após assalto

Motorista de aplicativo foi morto após assalto

Divulgação/Polícia Militar

Três são foram identificados e uma adolescente foi apreendida sob suspeita de participação na morte do motorita de aplicativo Muttakhin Ahmad, de 24 anos, após um assalto no Parque São Domingos, região de Pirituba, na zona norte de São Paulo, no último dia 16 de outubro.

A vítima, que é natural de Bangladesh, havia deixado uma passageira no local quando foi vítima de um roubo. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Repressão a Homicídios, do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), no final de outubro uma adolescente de 15 anos foi apreendida, e os policiais identificaram outros três possíveis autores do crime. A polícia busca pelos suspeitos e segue investigando o caso.

O caso

Imagens obtidas pela Record TV, mostram o momento do crime. Logo após a passageira descer do carro, um suspeito se aproxima. O homem passa ao lado da mulher, mas não a aborda. Outros dois suspeitos saem de trás de um carro e abordam o motorista de aplicativo. Enquanto isso acontece, a passageira sobe a rua tranquilamente.

Os suspeitos abrem a porta do carro e tentam apanhar algo. A vítima reage e tenta sair com o carro, mas os suspeitos atiram e o matam. Após essa ação, os suspeitos fogem sem levar nada.

As imagens serão utilizadas pela polícia, para ajudar a desvendar o crime. A autoridades ainda não sabem, se o crime praticado, é um latrocínio ou uma execução, já que nada foi levado.

Após a notícia da morte se espalhar, motoristas de aplicativo se reuniram no local do crime para pedir por mais segurança.

Últimas