São Paulo Após promessa de hotéis, afegãos serão levados para Sindicato dos Químicos em Praia Grande (SP)

Após promessa de hotéis, afegãos serão levados para Sindicato dos Químicos em Praia Grande (SP)

Refugiados estão no aeroporto de Guarulhos aguardando vagas em abrigos públicos; grupo sofre com surto de doenças, como sarna

  • São Paulo | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que refugiados vão para Praia Grande (SP).
  • Afegãos serão alocados no Sindicato dos Químicos, na cidade litorânea.
  • Refugiados estavam no aeroporto de Guarulhos aguardando vagas em abrigos públicos.
Grupo tem cerca de 150 imigrantes afegãos

Grupo tem cerca de 150 imigrantes afegãos

Rovena Rosa/Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou, nesta sexta-feira (30), que os refugiados afegãos que estão no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, serão levados para o Sindicato dos Químicos em Praia Grande, litoral do estado.

Ainda segundo a pasta, a transferência do grupo de cerca de 150 imigrantes será feita entre esta sexta-feira e o sábado (1º). O trabalho conta com o apoio do Governo de São Paulo, das prefeituras de Praia Grande e Guarulhos e da Acnur (Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), além de ONGs e outras entidades sociais.

A afirmação do Ministério da Justiça e Segurança Pública acontece um dia após o ministro da pasta, Flávio Dino, afirmar que os refugiados seriam levados para hotéis da cidade de São Paulo.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

O R7 procurou o Ministério da Justiça e Segurança Pública para saber se os refugiados ficarão na sede do Sindicato dos Químicos, em Praia Grande, ou nas instalações da colônia de férias da organização, mas não recebeu retorno até a publicação da reportagem.

Há semanas no aeroporto, os afegãos passaram por surtos de doenças como gripe e sarna. Segundo a representante de uma ONG, os refugiados também sofreram com piolhos. No local, eles improvisam camas e tomam banhos apenas uma vez por semana, segundo relatos.

De acordo com o Itamaraty, até 14 de junho, o governo brasileiro autorizou a concessão de 11.576 vistos de acolhida humanitária para cidadãos do Afeganistão. Desse total, 9.003 vistos foram efetivamente entregues aos requerentes.

Últimas