São Paulo Caso Lucas: policiais suspeitos de envolvimento têm nome revelado

Caso Lucas: policiais suspeitos de envolvimento têm nome revelado

O número da placa das viaturas que teriam levado o adolescente de 14 anos também foi divulgado. Lucas está desaparecido desde o dia 8 

  • São Paulo | Do R7

Policiais suspeitos permaneceram em silêncio no depoimento sobre o caso

Policiais suspeitos permaneceram em silêncio no depoimento sobre o caso

Reprodução

Os policiais militares Rodrigo Matos Viana e Lucas Lima Bispo dos Santos, estão afastados do trabalho por serem apontados como os principais suspeitos de estarem envolvidos no desaparecimento de Lucas Eduardo Martins dos Santos, de 14 anos.

Os nomes foram revelados no Cidade Alerta da Record TV nesta terça-feira (26), após apuração da repórter investigativa Fátima Souza. 

Além disto, o programa também conseguiu o prefixo do veículo da PM utilizado pelos policiais no dia do desaparecimento do garoto. A viatura M-4222, foi periciada e nela foi encontrado manchas compatíveis com sangue humano.

Outro ponto que chama atenção dos investigadores é que um dos policiais está com uma lesão em uma das mãos e que eles decidiram permanecer em silêncio durante o depoimento sobre o caso, um direito garantido pela lei, mas que coloca em dúvida a conduta dos policiais em relação ao desaparecimento. 

Lucas está desaparecido desde o dia 12 deste mês. Familiares afirmam que policiais passaram pela casa do jovem, em uma comunidade de Santo André, e o levaram. A mãe relata que chegou a escutar filho dizer aos policiais que morava no local. As roupas do jovem foram encontradas em um terreno baldio próximo à escola onde ele estudava. 

No dia 15, um corpo foi encontrado dentro de um lago no Parque Natural Municipal do Pedroso, próximo ao Primeiro Ponto do Teleférico, na Estrada do Pedroso, em Santo André. A polícia suspeita que seja o corpo de Lucas, mas familiares divergiram no reconhecimento do corpo.

Últimas