São Paulo Com greve da CPTM, três linhas operam parcial e uma está parada

Com greve da CPTM, três linhas operam parcial e uma está parada

Linha 9-Esmeralda está paralisada. Linha 10-Turquesa, 7-Rubi e 8-Diamante circulam com intervalos maiores apenas em trechos

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Com greve da CPTM, três linhas operam parcial e uma está parada

Com greve da CPTM, três linhas operam parcial e uma está parada

ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO /15/07/2021

A paralisação de funcionários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) afeta quatro linhas, sendo que a Linha 9-Esmeralda segue totalmente paralisada na manhã desta quinta-feira (15).

A Linha 10-Turquesa, que estava fechada no início da operação comercial, começou a operar parcialmente às 9h06 entre a estação Prefeito Celso Daniel-Santo André e Tamanduateí, segundo a CPTM. O intervalo entre as composições é de 25 minutos.

Operam parcialmente também a Linha 8-Diamante, entre a estação Palmeiras-Barra Funda e Barueri, e a 7-Rubi, que funciona apenas entre a estação Palmeiras-Barra Funda e Caieiras. O intervalo entre os trens é de cerca de 10 minutos.

Já as linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade operam sem restrições.

De acordo com o sindicato dos ferroviários, a CPTM não reajusta os vencimentos desde 2019 e está atrasando a data-base da nova proposta à categoria. A empresa também não aceitou o acordo proposto pelo Ministério Público ao pagamento do PPR (Programa de Participação nos Resultados) 2020, com duas parcelas já vencidas.

Passageiros foram surpreendidos com a paralisação. Segundo a CPTM, a adesão à greve foi total em duas linhas, contrariando decisão da Justiça do Trabalho de manutenção de 80% dos trabalhadores no horário de pico e 60% nos demais horários, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia.

Na estação Francisco Morato da Linha 7-Rubi, que está fechada, usuários flagraram passageiros atirando pedras para depredar a unidade.

Com estação fechada, homens lançaram pedras em prédio em Francisco Morato

Com estação fechada, homens lançaram pedras em prédio em Francisco Morato

Reprodução Record TV

Protestos

Por causa da greve, há protestos na região do Grajaú, na zona sul de São Paulo, com bloqueio das avenidas Teotônio Vilela e Dona Belmira Marin. Os ônibus não conseguem passar e estão parados por horas, prejudicando a ida dos passageiros ao trabalho.

A operação Paese (Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência) não foi acionada porque, segundo a CPTM, os trechos feitos pelos trens são muitos extensos. As empresas de ônibus mantêm 100% da frota em operação ao longo do dia.

Linhas de ônibus afetadas

A SPTrans informou que as linhas de ônibus que atendem o Terminal Grajaú, na zona sul, fazem o retorno, em ambos os sentidos, desde as 6h da manhã em razão de interferência na via. São elas: 

5630-10TERM. GRAJAÚ-METRÔ BRÁS
6003-10TERM. GRAJAÚ-TERM. VARGINHA
6016-10JD. NORONHA-TERM. GRAJAÚ
6016-41JD. PORTO VELHO-TERM. GRAJAÚ
6031-10JD. SÃO BERNARDO-TERM. GRAJAÚ
6034-10PQ. RES. COCAIA-TERM. GRAJAÚ
6050-10PQ. COCAIA-TERM. GRAJAÚ
6053-10JD. ELLUS-TERM. GRAJAÚ
6056-10PQ. STA. CECÍLIA-TERM. GRAJAÚ
6056-41VL. NATAL-TERM. GRAJAÚ
6057-10VL. NATAL-TERM. GRAJAÚ
6061-10JD. MARILDA-TERM. GRAJAÚ
6062-10JD. CASTRO ALVES-TERM. GRAJAÚ
607M-10TERM. GRAJAÚ-TERM. ÁGUA ESPRAIADA
6083-10JD. ELIANA-TERM. GRAJAÚ
6092-10JD. DAS PEDRAS-TERM. GRAJAÚ
6093-10VARGEM GRANDE-TERM. GRAJAÚ
6099-10TERM. GRAJAÚ-DIVISA DE EMBU-GUAÇU
6115-10CANTINHO DO CÉU-TERM. GRAJAÚ
6115-41PQ. RES. DOS LAGOS-TERM. GRAJAÚ
6116-10JD. PRAINHA-TERM. GRAJAÚ
6120-10JD. LUCÉLIA-TERM. GRAJAÚ
6726-10JD. GAIVOTAS-TERM. GRAJAÚ
675X-10TERM. GRAJAÚ-AACD-SERVIDOR
6970-10TERM. GRAJAÚ-TERM. STO. AMARO
6L11-10ILHA DO BORORÉ-TERM. GRAJAÚ

Últimas