São Paulo Homem é preso após manter enteado e namorada reféns, ligar o gás e ameaçar colocar fogo na casa

Homem é preso após manter enteado e namorada reféns, ligar o gás e ameaçar colocar fogo na casa

Polícia precisou negociar e usar taser para contê-lo. O suspeito é usuário de drogas e tem histórico de furtos em comunidade de SP

  • São Paulo | Edilson Muniz e Majoí Costa, da Agência Record

Resumindo a Notícia
  • Suspeito, de 42 anos, teria entrado em surto psicótico e agredido o enteado e a namorada.

  • Polícia Militar e Guarda Civil foram acionadas pelo irmão da mulher.

  • Agentes mantiveram contato visual e conversaram com ele pela janela.

  • Em determinado momento, equipes precisaram atingi-lo com taser para invadir a casa.

Vítimas tiveram escoriações

Vítimas tiveram escoriações

Reprodução - 05.03.2023

Um homem foi preso após manter o enteado e a namorada reféns e ameaçar incendiar a casa na rua Rui Barbosa, em Itapecerica da Serra, região metropolitana de São Paulo, por volta das 13h50 de domingo (5).

O suspeito, de 42 anos, teria entrado em surto psicótico, agredido a namorada e o enteado, trancado a casa com eles dentro e ligado o gás e ameaçado incendiar o imóvel.

Após as ameaças, o homem ficou segurando uma faca em seu pescoço ameaçando tirar a própria vida. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar foram acionadas pelo irmão da mulher.

Negociação para libertar os reféns

Durante um tempo, foram mantidas conversas e constante contato visual com o suspeito. Após negociação com a polícia, os reféns foram soltos, mas o homem continuava dentro da casa. Enquanto a polícia e o homem conversavam pela janela, uma equipe da Polícia Militar se posicionou próximo da porta.

No momento oportuno, um dos agentes fez uso do taser contra o suspeito para contê-lo. A manobra deu certo e os agentes conseguiram imobilizar e algemar o homem. Os três foram encaminhados para o hospital. As vítimas ficaram apenas com escoriações.

O homem foi encaminhado ao Pronto-Socorro do Hospital Geral de Itapecerica da Serra, onde ficou sob escolta policial, e depois foi levado à delegacia. Segundo um vizinho, o suspeito é usuário de drogas e tem um histórico de furtos na comunidade.

O caso foi registrado no Distrito Policial de Itapecerica da Serra como ameaça, lesão corporal e violência doméstica.

Últimas