Metrô de SP suspende licitação para a conclusão da Linha Ouro

De acordo com a Comissão de Licitação, a empresa escolhida não conseguiu comprovar a sua qualificação econômica-financeira e qualificação técnica

Encerramento das obras era previsto para outubro de 2019

Encerramento das obras era previsto para outubro de 2019

Estadão Conteúdo

Foi suspensa a licitação para a conclusão das obras da Linha 17-Ouro do monotrilho, do Metrô de São Paulo, após desfalques em documentações da empresa responsável pelas obras. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (15), em cumprimento a uma liminar da Justiça de São Paulo.

A empresa Constran Internacional Construções S/A venceu o processo de licitação que previa obras de acabamento das estações da linha, em outubro de 2019.

Segundo o Diário Oficial, as empresas concorrentes da Comissão de Licitação entraram com um recurso na Justiça alegando irregularidades por parte da empresa, que ofereceu o menor preço para o serviço.

De acordo com a comissão, a empresa não conseguiu comprovar a sua qualificação econômica-financeira e não apresentou o documento CAU que comprova a sua qualificação técnica.

A Constram tentou recorrer por duas vezes, mas a decisão foi mantida em segunda instância em ordem emitida pela 15º Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo.