Motorista de ônibus é morto a tiros em Guarulhos (SP)

Gravações das câmeras do coletivo devem ser peça chave para identificação do suspeito que fugiu sem levar nada. Caso tem características de execução

Polícia trabalha com hipótese de execução

Polícia trabalha com hipótese de execução

Reprodução Record TV

O motorista de ônibus Josino Alves, de 42 anos, foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (20) na Estrada Antônio Acácio Batista, na Vila Nova Bonsucesso, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

De acordo com a polícia, uma testemunha relatou que Josino foi surpreendido pelo suspeito enquanto estava dentro do coletivo, no ponto final da linha. A testemunha afirma ter ouvido pelo menos três disparos e que, em seguida, o suspeito teria fugido sem levar nada.

Leia também: Sargento do Exército e amigo são baleados em tentativa de assalto

A polícia, a princípio, descarta a possibilidade de roubo e suspeita de execução. Já foram requeridas as imagens das câmeras do coletivo, que serão imprescindíveis para identificação do autor do crime e esclarecimento dos fatos.

A vítima trabalhava como motorista há 3 anos no trajeto que vai da região da Grande São Paulo até o metrô Armênia, no centro da capital. O ponto final, local do crime, fica numa zona a cerca de 20 km do centro de Guarulhos.

Leia também: PM reforça policiamento em SP após fuga de presos no Paraguai

A empresa responsável pela linha, Viação Transdutra Ltda., lamentou a morte do motorista por meio das redes sociais. 

A vítima era de Minas Gerais mas será sepultada onde morava, em Santa Isabel, no interior do estado de São Paulo.