São Paulo Vereador é morto a tiros após sair de Câmara Municipal no interior de SP

Vereador é morto a tiros após sair de Câmara Municipal no interior de SP

Adriano de Moraes havia acabado de chegar na rua de casa quando foi surpreendido pelo suspeito. Uma vizinha acionou a polícia

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

'Adriano Cuidador', como era conhecido, morreu ainda na via após ter levado os tiros

'Adriano Cuidador', como era conhecido, morreu ainda na via após ter levado os tiros

Reprodução/Record TV

O vereador Adriano de Moraes, de 40 anos, foi morto a tiros na cidade de Bauru, no interior de São Paulo, logo após ter participado de uma sessão na Câmara Municipal de Conhas (SP), na noite de segunda-feira (12). As informações são da Record TV.

'Adriano Cuidador', como era conhecido, era vereador de Conhas, município próximo a Bauru. Ele estava chegando em casa quando foi assassinado.

Câmeras de segurança de uma residência na região mostraram o crime. A vítima desce do carro e é abordada por um homem. Ele finge que vai entregar algo ao vereador e, em seguida, atira.

O suspeito sai correrendo, e Adriano cai, praticamente no meio da rua. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada por vizinhos, que ouviram os disparos. 

Segundo os agentes, o vereador foi encontrado no chão, com sangramento na cabeça, e havia muito sangue na via.

A filha de uma vizinha do vereador, de 11 anos, disse à polícia que viu o crime do portão de casa e informou que o suspeito usava calça jeans, moletom verde e máscara facial.

O corpo do homem foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Botucatu. Até o momento, de acordo com a polícia, nenhum suspeito foi identificado.

Últimas