Vizinho é principal suspeito de matar menina de 6 anos asfixiada

Madrasta da menina, que também estava na casa, foi alvo do agressor, mas resistiu e passa bem. O homem já tem passagens por homicídio, roubo e furto

Vizinho é principal suspeito de matar menina de 6 anos asfixiada em SP

Vizinho é principal suspeito de matar menina de 6 anos asfixiada em SP

Reprodução/Record TV

Depois de recolher provas na casa e ouvir testemunhas, a Polícia Civil identificou e prendeu o vizinho, de 53 anos, como o principal suspeito de matar a menina de 6 anos de idadena madrugada do último domingo (27), em São Caetano do Sul (SP).

Leia também: Bebê morre mordida por cachorro no pescoço em São Bernardo

A madrasta da menina, que estava na residência no momento do crime, também foi alvo do homem, mas resistiu e passa bem. Ainda não se sabe se a mulher foi vítima de abuso sexual. A delegada disse que havia desentendimentos entre os vizinhos e que as brigas podem ter motivado o ataque.

Segundo os investigadores, o suspeito já tem passagens por homicídio, roubo e furto. A criança foi assassinada por asfixia, com um pano contendo thinner, um poderoso solvente, por volta das 4h, no bairro Nova Gerti, na cidade da Grande São Paulo.

O caso

Na madrugada, vizinhos começaram a sentir um forte cheiro do solvente e acionaram o Corpo de Bombeiros. Quando as equipes chegaram ao local, encontraram a criança já sem vida e a madrasta passando mal.

A mulher foi levada à UPA de São Caetano do Sul e ficou em observação no hospital. Não há mais detalhes sobre o estado de saúde dela. A PM encontrou no local um pano contendo o solvente, altamente tóxico, que teria sido usado para asfixiar a menina.

Leia também: Bruno Covas tem diagnóstico de tumor no sistema digestivo

De acordo com a PM de São Caetano, o pai da criança trabalhava como Uber e, quando chegou em casa, viu a mulher e a filha caídas. Ele chegou antes dos bombeiros, acionados pelos vizinhos. Segundo o que o pai relatou para polícia, ele ainda tentou fazer massagem cardíaca na criança, mas não obteve sucesso.

Em nota, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) afirmou que o vizinho suspeito foi preso e autuado por homicídio qualificado consumado e tentado. O órgão ainda detalhou os materiais que foram encontrados no local do crime.

Veja o posicionamento da SSP na íntegra: 

Um homem, de 53 anos, foi preso em flagrante pelo homicídio de uma criança, de 6 anos. O fato ocorreu na madrugada de domingo (27), em São Caetano do Sul. A vítima estava na companhia de sua madrasta na residência onde moravam e foram encontradas desacordadas pelo pai da criança. Na casa do autor, vizinho das vítimas, foram encontrados dois aparelhos celulares, chaves do imóvel e um galão de tíner. O autor foi conduzido à delegacia de São Caetano do Sul, onde foi autuado por homicídio qualificado consumado e tentado.