Coronavírus Cidade do interior de Minas decreta toque de recolher após 22h

Cidade do interior de Minas decreta toque de recolher após 22h

Prefeitura de Arcos também proibiu consumo de bebidas em bares e restaurantes; cidade está na onda vermelha do Minas Consciente

  • Coronavírus | Lucas Pavanelli, do R7, com Marcella Gasparete, da RecordTV Minas

Arcos (MG) terá toque de recolher

Arcos (MG) terá toque de recolher

Divulgação / Prefeitura de Arcos

A Prefeitura de Arcos, a 240 km  de Belo Horizonte, instituiu toque de recolher a partir das 22h como forma de conter a contaminação pelo coronavírus no município. A cidade de cerca de 40 mil habitantes registra 1.065 casos confirmados de covid-19 e 16 mortes em decorrência da doença. 

De acordo com decreto publicado pelo prefeito Claudenir José de Melo (PL), o toque de recolher vale entre 22h e 5h e os eventos e festas, tanto na zona rural como na cidade estão proibidos.

O decreto também veta o consumo de bebidas e alimentos em bares, restaurantes, lanchonetes e outros estabelecimentos similares. Também não é possível o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas da cidade. 

O município de Arcos, que pertence à região Oeste do estado, está na onda vermelha do programa Minas Consciente, do governo estadual. Com isso, apenas os estabelecimentos considerados essenciais têm autorização para funcionar. 

Onda vermelha

A situação de Arcos e da região Oeste não é isolada. Dez das 14 macrorregiões de saúde de Minas Gerais estarão na fase mais restrita de isolamento para conter a covid-19, a partir deste sábado (9).

Hoje, já são nove as áreas na chamada onda vermelha. Contudo, a região Sul também passará a fazer parte da lista.

Segundo o Governo de Minas, o avanço da pandemia no Estado impediu que outras regiões deixassem a fase de restrição máxima. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) registrou crescimento de 9% na taxa de incidência da doença nos últimos sete dias.

Últimas