Coronavírus Escolas poderão receber uma pessoa a cada 6 metros quadrados em MG

Escolas poderão receber uma pessoa a cada 6 metros quadrados em MG

Governo Estadual divulgará nesta terça-feira (29) todas as medidas que devem ser seguidas pelos colégios na retomada das aulas presenciais

undefined

undefined

Arquivo/Agência Brasil

As escolas de Minas Gerais que retomarem as aulas presenciais a partir da próxima semana deverão receber, no máximo, uma pessoa a cada seis metros quadrados.

Esta é uma das medidas de segurança que serão adotadas para evitar a proliferação do coronavírus entre estudantes e funcionários, conforme explicou o Secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, durante coletiva nesta tarde.

Segundo o representante do governo, o limite de ocupantes dos colégios vai variar de acordo com a situação epidemiológica da cidade.

— Após o município ficar 28 dias na onda verde, se a situação se mantiver estável, podemos passar para uma pessoa a cada quatro metros quadrados. E caso haja retorno para a onda amarela, passaremos para 10 metros quadrados, aumentando a distância entre os alunos.

Amaral explicou, ainda, que o protocolo pode ser alterado a qualquer momento, de acordo com o avanço ou retrocesso da pandemia. Segundo o secretário, o restante das orientações às escolas será divulgado ainda nesta terça-feira.

Aulas presenciais

As aulas presenciais em Minas Gerais estarão liberadas a partir do dia 5 de outubro nas cidades que estão na onda amarela e verde do programa Minas Consciente. O Governo Estadual deixou para os municípios a decisão de liberar ou não. A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou que só vai permitir aulas laboratoriais e práticas de cursos da área da saúde e de cursos técnicos profissionalizantes.

Leia também: Todas as cidades de MG já podem abrir além do essencial

Nas cidades enquadradas na onda amarela, só é liberado as atividades do ensino superior. A educação infantil, fundamental e do ensino médio só podem voltar às salas de aula na onda verde. Por enquanto, apenas a macrorregião Norte está na onda verde. A presença não será obrigatória.

Últimas