Tecnologia e Ciência O Twitter de Elon Musk desenvolve Inteligência Artificial apesar do apelo por pausa global

O Twitter de Elon Musk desenvolve Inteligência Artificial apesar do apelo por pausa global

Empresário já comprou processadores potentes e contratou especialistas no assunto para competir com o ChatGPT

Elon Musk, dono do Twitter, quer um concorrente para o ChatGPT

Elon Musk, dono do Twitter, quer um concorrente para o ChatGPT

JIM WATSON/AFP - 10.02.2022

Elon Musk está avançando em um projeto de inteligência artificial (IA) no Twitter, apesar de recentemente ter feito um apelo por uma pausa geral no desenvolvimento da tecnologia, informou a imprensa dos Estados Unidos.

Musk comprou milhares de processadores potentes e caros e contratou especialistas em Engenharia de IA, informou o portal Insider. O Information, outro site especializado em tecnologia, afirmou que o empresário cogita a ideia de criar um concorrente para o ChatGPT.

Ao mesmo tempo, Musk demitiu funcionários do Twitter como parte de um grande corte de custos desde que comprou a empresa no ano passado por US$ 44 bilhões (cerca de R$ 215 bilhões).

- Documentos comprovam que o Twitter está morte e não existe mais como empresa

A notícia foi divulgada pelo Insider duas semanas após Musk assinar uma carta com vários especialistas para pedir uma pausa no desenvolvimento da IA.

A carta aberta, publicada no site do Instituto 'Future of Life', fundado por Musk, pediu uma pausa de seis meses no desenvolvimento dos potentes sistemas de IA.

O bilionário dono da Tesla e vários cientistas escreveram que "os sistemas de IA que competem com a inteligência humana podem representar riscos profundos para a sociedade e a humanidade".

Os signatários, que incluíam acadêmicos e grandes nomes da tecnologia como o cofundador da Apple Steve Wozniak, argumentaram que a pausa deveria ser utilizada para reforçar a regulamentação e garantir a segurança dos sistemas.

O projeto incipiente de IA de Musk para o Twitter, segundo o Insider, envolve o treinamento de um modelo de linguagem para criar conteúdo escrito.

Grandes grupos de tecnologia como Google, Meta e Microsoft passaram anos trabalhando em sistemas de IA, mas no fim do ano passado a empresa OpenAI, com sede em San Francisco, provocou grande interesse na tecnologia ao lançar o ChatGPT, um chatbot que gera textos em linguagem natural a partir de instruções simples.

Musk foi um dos fundadores da OpenAI, mas deixou a empresa em 2018.

Desde então, a Microsoft anunciou que investirá bilhões de dólares na OpenAI e que utilizará a tecnologia em sua ferramenta de busca Bing.

Últimas