">

Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Cidades

2/2/2013 às 22h16 (Atualizado em 3/2/2013 às 13h10)

Delegado publica na internet que um dos sobreviventes internado na UTI "já reconhece as pessoas"

Segundo o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde 114 pessoas permanecem internadas

Do R7

Reprodução/Facebook

O delegado Marcelo Arigony, um dos responsáveis pela investigação da tragédia em Santa Maria, visitou neste sábado (2) a UTI coronariana do Hospital de Caridade, em Santa Maria (RS). Em seu perfil na rede social ele disse: “Todos os pacientes daquela unidade em franca recuperação. Luís Octávio estava acordando e já reconhece as pessoas.”

Arigony vem postando em seu perfil na rede social mensagens relacionadas à tragédia. Na semana passada, ele postou uma fotografia do interior da boate Kiss em que duas pessoas aparecem fazendo performance com fogo. Na mensagem Arigony escreveu: "Recebi pelo msn do face. Tirem suas próprias conclusões".

Veja a cobertura completa da tragédia em Santa Maria

A imagem seria de setembro de 2012 e mostra o fogo muito perto do teto. A foto colocada rendeu mais de 80 comentários, grande parte deles questionando a postura do estabelecimento e parabenizando o trabalho do delegado.

Espuma que pegou fogo na boate Kiss pode ter sido reaproveitada de outro estabelecimento

Polícia ouve seguranças da boate para saber se profissionais fecharam a porta impedindo a saída do público

Vocalista de Gurizada Fandangueira se preocupou em salvar equipamento do palco, afirmam testemunhas

Segundo o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul divulgado neste sábado (2) 114 feridos da tragédia em Santa Maria ainda permanecem internados

Incêndio

O incêndio dentro da boate Kiss no centro de Santa Maria, cidade a 290 km da capital, Porto Alegre, aconteceu na madrugada de 27 de janeiro, durante a apresentação da banda Gurizada Fandangueira. Segundo testemunhas, durante o show foi utilizado um sinalizador — uma espécie de fogo de artifício chamado "sputnik" — que ao ser lançado atingiu a espuma do isolamento acústico, no teto da boate. O fogo se espalhou em poucos minutos.

Ao entrar na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para socorrer as vítimas do incêndio ocorrido na madrugada de domingo (27), os bombeiros se depararam com uma barreira de corpos.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul, coronel Guido Pedroso de Melo, descreveu a situação.

— Os soldados tiveram que abrir caminho no meio dos corpos para tentar chegar às pessoas que ainda estavam agonizando.

Lotada

A casa noturna estava superlotada na noite da tragédia, segundo o Corpo de Bombeiros. Cerca de mil pessoas ocupariam o local. O incêndio provocou pânico e muitos não conseguiram acessar a única saída da boate. Os proprietários do estabelecimento não tinham autorização para organizar um show pirotécnico no local. Além disso, o alvará da casa estava vencido desde agosto de 2012.

Prisões

Os empresários Mauro Hoffmann e Elissandro Spohr, proprietários da casa noturna, e os músicos Marcelo dos Santos e Luciano Leão, integrantes da banda Gurizada Fandangueira, tiveram a prisão temporária decretada. Na sexta-feira (1°) o pedido da prisão foi renovado por mais 30 dias. Spohr está internado, mas sob custódia policial.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Saudade

Foto inédita do Google de jovem morta na tragédia em Santa Maria emociona pai

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Deixaram saudade

Acidentes aéreos tiraram a vida de personalidades do País; relembre

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Filhos da tragédia

Saiba como estão as crianças que ficaram sem os pais após crimes bárbaros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fim de casamento

Ex é suspeito de ter esganado jovem achada morta em motel de Pernambuco

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Caso Bernardo

RS: madrasta é suspeita de aplicar injeção letal em garoto encontrado morto em saco

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!